16 de agosto de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 5,61GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 12,2W

Empresa de tecnologia instala usina de 1,3 MWp com módulos bifaciais

No total, foram utilizados 1.960 painéis solares de 650 W e 4 inversores de 250 kW

Autor: 2 de agosto de 2022agosto 4th, 2022Projetos
Empresa de tecnologia instala usina de 1,3 MWp com módulos bifaciais

Usina de 1,3 MWp instalada em São Borja, no Rio Grande do Sul. Foto: Divulgação

A energia solar está presente de Norte a Sul no Brasil, desde escolas a hospitais até quiosques e comunidades carentes. Afinal, a eficiência energética, atrelada a economia e sustentabilidade, é o que os consumidores estão buscando em seus empreendimentos.

Como é o caso da Gaúcha Tecnologia e Participações, sediada na cidade de São Borja (RS) que instalou uma usina fotovoltaica com capacidade de 1,3 MWp, distribuídos em uma área de 6.095,6 metros quadrados.

De acordo com a HCC Energia Solar, empresa responsável pelo projeto, foram utilizados 1.960 painéis solares bifaciais de 650 W da Canadian Solar, bem como quatro inversores Growatt Max 185-253KTL3-X HV. Os módulos são de silício monocristalino, com uma vida útil estimada de mais de 25 anos e degradação da produção devido ao envelhecimento de 0,8 % ao ano.

O sistema possui 4 inversores Growatt Max de 250 kW. Foto: Growatt/Divulgação

O sistema possui 4 inversores Growatt Max de 250 kW. Foto: Growatt/Divulgação

Segundo a empresa, as placas foram montadas em suportes de aço galvanizado, com um ângulo de 20°. Os sistemas de fixação da estrutura resistem a rajadas de vento, com velocidade de até 120 km/h.

Além disso, a planta fotovoltaica, que está conectada na rede de baixa tensão trifásica de 380 V, atenderá mais de 200 instalações do cliente e irá proporcionar uma economia mensal de 1.996.417 kWh/ano.

“Encontrar um inversor que esteja acompanhando a tecnologia avançada dos painéis é bastante difícil. Então, a gente quis trazer um desafio”, disse a engenheira Lenize Rodrigues, responsável pela obra.

Utilizaram 1.960 painéis solares bifaciais de 654 Wp da Canadian Solar. Foto: Divulgação

Utilizaram 1.960 painéis solares bifaciais de 650 W da Canadian Solar. Foto: Divulgação

A ideia, de acordo com ela, foi reduzir o número de áreas que estavam utilizando, mas mantendo a potência que atendesse a necessidade do cliente. “Outro ponto a ser destacado é a questão do módulo, que por ser bifacial, pode gerar de 15 a 20% a mais do que está previsto. Otimiza, então, e traz muito mais benefício ao cliente”, ressaltou.

Mateus Badra

Mateus Badra

Atuou como produtor, repórter e apresentador na Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020, atuando nas editorias de Mercado e Tendências, Mobilidade Urbana, P&D e Equipamentos. Jornalista graduado pela PUC-Campinas.

2 comentários

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.