23 de abril de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 13,4GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 28,6GW

Aegea e Brasol inauguram quatro usinas solares em Cuiabá (MT)

Empresas investiram cerca de R$ 8 milhões na construção das usinas

Autor: 14 de abril de 2022Brasil
2 minutos de leitura
Aegea e Brasol inauguram quatro usinas solares em Cuiabá (MT)

Vista aérea do município de Cuiabá (MT). Foto: Divulgação

A Aegea, empresa privada de saneamento básico, e a Brasol, companhia que atua com GD (geração distribuída) de energia, colocaram em operação quatro usinas solares no Oeste Solar Park, em Cuiabá (MT).

Denominadas de Águas de Poconé, Águas de Primavera, Águas de Sinop e Águas de Campo Verde, as plantas – que ocupam um espaço de cerca de 200 hectares – foram instaladas com o objetivo de atender o consumo energético das concessionárias da Aegea no município. 

Ao todo, as empresas investiram cerca de R$ 8 milhões na construção das usinas – que, juntas, somam 1,55 MWp de potência instalada, com uma geração estimada em 2,6 GW por ano.

As companhias também pretendem expandir a parceria e executar outros seis projetos em conjunto, totalizando dez empreendimentos construídos, que, juntos, totalizariam 7,9 MWp e um investimento de R$ 50 milhões. 

Oeste Solar Park 

Inaugurado em 2019, o Oeste Solar Park foi o primeiro parque de energia solar a ser instalado no Centro-Oeste brasileiro. 

O empreendimento foi criado com o intuito de oferecer às empresas de pequeno e médio porte uma solução para o consumo sustentável de energia elétrica, com uma economia de até 20% na conta de luz. 

O loteamento de geração distribuída solar fica localizado no km 9 da Estrada da Guia, em Cuiabá (MT).

Henrique Hein

Henrique Hein

Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como repórter do Jornal Correio Popular e da Rádio Trianon. Acompanha o setor elétrico brasileiro pelo Canal Solar desde fevereiro de 2021, possuindo experiência na mediação de lives e na produção de reportagens e conteúdos audiovisuais.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.