29 de fevereiro de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,9GW

BYD inaugura 1º laboratório da América Latina que estudará ciclo de produção de painéis

Fabricante investiu R$ 6 milhões no empreendimento, que está localizado na cidade de Campinas, interior de São Paulo

Autor: 15 de dezembro de 2023Tecnologia e P&D
3 minutos de leitura
BYD inaugura 1º laboratório da América Latina que estudará ciclo de produção de painéis

BYD totaliza mais de R$ 65 milhões de investimento em P&D no setor fotovoltaico no Brasil. Imagem: BYD/Divulgação

A BYD inaugurou, nesta sexta-feira (15) em Campinas (SP), o primeiro laboratório da América Latina a estudar todo o ciclo da produção dos módulos fotovoltaicos desde o beneficiamento do minério de silício – principal matéria prima.

No total, foram investidos R$ 6 milhões no empreendimento. Dessa forma, a empresa totaliza mais de R$ 65 milhões de aportes em P&D (Pesquisa e Desenvolvimento) no setor fotovoltaico brasileiro.

“Essa iniciativa só comprova que o Brasil tem o potencial de ser autossuficiente na produção de módulos fotovoltaicos, pois foi o 3° maior exportador de silício do mundo em 2022. O nosso objetivo é estimular e fortalecer a produção em território nacional, com pesquisa e desenvolvimento diretos do Brasil”, afirmou Rodrigo Garcia, gerente de P&D da BYD Energy.

Com um escopo novo e uma estrutura mais complexa, o laboratório pretende aumentar o número de colaboradores que vão integrar a equipe de P&D.

Outros lançamentos

Durante o evento de inauguração, a BYD também anunciou que trará ao Brasil o Battery Service Center, que servirá como suporte para todas as operações que envolvam os produtos que utilizam baterias BYD no país e em toda a América Latina.

Segundo a companhia, esta operação garantirá serviço de excelência para toda a região. A fabricante também confirmou que vai ampliar sua atuação no país dando início à comercialização de carregadores rápidos para veículos eletrificados.

Autoridades do setor marcam presença

A cerimônia de inauguração contou com cerca de 250 convidados, entre eles representantes da marca e autoridades do poder público. Estiveram presentes Stella Li, vice-presidente executiva global da BYD, Tyler Li, CEO da BYD Brasil, Dário Saad, prefeito de Campinas, e Felício Ramuth, vice-governador de São Paulo.

Histórico da BYD

Neste ano, a BYD atingiu o marco de 2,3 milhões de painéis solares fabricados no Brasil. Parte do recurso investido em P&D no país é direcionada a estudos realizados em parceria com as principais universidades e institutos do Brasil, como Unicamp, Unesp, CTI Renato Archer, UFSC, Instituto Eldorado, entre outros.

A BYD já investiu R$ 7 milhões em equipamentos para sua usina própria, que conta com uma estação meteorológica dedicada ao estudo dos mais diversos tipos de módulos em solo tropical. A estação fornece dados a um sistema supervisório central por meio de um software responsável por unir todas as informações que são monitoradas remotamente.

O centro de P&D brasileiro da BYD já desenvolveu os seguintes módulos fotovoltaicos: M7K, MBK, MGK, MGTK, MGBK, MLK, LTK, MSK, Harpia, HJT, APV e BIPV.


Todo o conteúdo do Canal Solar é resguardado pela lei de direitos autorais, e fica expressamente proibida a reprodução parcial ou total deste site em qualquer meio. Caso tenha interesse em colaborar ou reutilizar parte do nosso material, solicitamos que entre em contato através do e-mail: [email protected].

Mateus Badra

Mateus Badra

Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como produtor, repórter e apresentador na TV Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020. Atualmente, é Analista de Comunicação Sênior do Canal Solar e possui experiência na cobertura de eventos internacionais.

Um comentário

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.