Encontro de mulheres do setor energético acontece em agosto

Evento pretende reunir mais de 1000 mulheres para congresso sobre energia no país
3 minuto(s) de leitura
Encontro de mulheres do setor energético acontece em agosto
2º Congresso Brasileiro de Mulheres da Energia em Brasília (DF) Foto: Etcetera Comunicação/ Divulgação

A cidade de São Paulo (SP) será sede do 3º Congresso Brasileiro de Mulheres da Energia, com perspectiva de ser o maior encontro da história do setor elétrico no Brasil, abarcando mais de 100 mulheres liderando os painéis de discussão e 1000 participantes. 

O 3º Congresso Brasileiro de Mulheres da Energia ocorrerá no Hotel Renaissance, em São Paulo (SP), no dia 26 de agosto.

Além de discutir a maior inserção das mulheres no processo de produção e de decisão sobre energia no país, haverá espaços para networking entre palestrantes e participantes. Dividido em dois palcos simultâneos, o congresso trará painéis sobre “Energia Renovável” e “Empreendedorismo, tecnologia e mercado livre”.

Já estão confirmados nomes como: Tânia Cosentino (presidente da Microsoft Brasil); Clarice Romariz (CEO ESOM & VP Operações Networks America Engie); Elbia Gannoum (CEO da ABEEólica); Alessandra Torres (presidente da ABRAPCH); Marina Meyer Falcão, diretora Jurídica e Regulatória na ESG (Energy Global Solution); Priscila Carazzatto, diretora de Relacionamento governamentais no INEL (Instituto de Energia Limpa); Luciana Costa (co-fundadora da Electy), Valcleia Solidade (superintendente de Desenvolvimento Sustentável de Comunidades da Fundação Amazônia Sustentável); Karina Ribeiro (gerente de Educação Corporativa do Instituto de Pesquisas Eldorado); Paula Misan (fundadora e CEO da Outly);Roberta Antoniazzi (diretora de Varejo, Parcerias e Marketing da ONG Gerando Falcões); Clarissa Zomer (diretora de Projetos Arquitetônicos e Arquiteta Solar da Garantia Solar BIPV); Miriam Penna (presidente Executiva da CPFL Energia) e Zilda Costa (diretoria de Energia da UCB Power).

As inscrições para o congresso estão abertas, e podem ser realizadas pelo site.

Mulheres no setor elétrico brasileiro

Segundo o relatório “World Energy Transitions Outlook 2022” da IRENA (Agência Internacional de Energia Renovável), mundialmente, as mulheres representam um índice de 32% em força de trabalho de energia renovável, além disso, são empregadas com salários mais baixos.

Em pesquisa divulgada pela ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica), dos cargos ocupados por mulheres, 31,78% são administrativos, 11,33% operacionais e apenas 22,24% são cadeiras de liderança. 

A falta de incentivo para formações técnicas, viés de gênero e ocupações históricas são as barreiras que mais interferem na contratação de mulheres, apontam os dados. 

A igualdade de gênero já foi incluída pela ONU (Organização das Nações Unidas), como objetivo essencial para o cumprimento das ODS 5 (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) até 2030. 

Até o mesmo ano, haverá cerca de 139 milhões de empregos no setor energético global, dados de oportunidade para incluir mais mulheres no processo energético. 

Serviço

3º Congresso Brasileiro Mulheres da Energia 

Quando: 26 de agosto

Onde: Renaissance São Paulo Hotel

Endereço: Alameda Santos, 2233 – Jardim Paulista, São Paulo (SP)

Mais informações: https://mulheresdaenergia.com.br/ ou [email protected] 

Imagem de Emily Castro
Emily Castro
Graduanda em jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas. Possui experiência na produção de matérias para portais jornalísticos, rádio e podcast.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal