1 de março de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,9GW

Esfera Solar fecha acordos estratégicos e ampliará portfólio para 2024

Empresa irá disponibilizar microinversores da TSUNESS e inversores da Solis, com AFCI, e da Sofar, nas potências de 50 kW, 60 kW e 75 kW

Autor: 29 de dezembro de 2023Mercado
3 minutos de leitura
Esfera Solar fecha acordos estratégicos e ampliará portfólio para 2024

Escritório da Esfera na cidade de Campinas (SP). Imagem: Esfera Solar/Divulgação

A Esfera Solar, uma das referências no cenário de distribuição de geradores fotovoltaicos, anunciou para 2024 que terá adições em seu portfólio de produtos. Entre as novidades estão os microinversores da TSUNESS.

Segundo Eduardo Villas Boas, CEO da companhia, os equipamentos, que estarão disponíveis nas potências de 2 kW e 3 kW, destacam-se pela capacidade de suportar todos os módulos disponíveis no setor, sem limitação de potência, devido à alta corrente de operação.

Além disso, afirmou que para janeiro fecharam acordos estratégicos com as fabricantes de painéis Era Solar e Helius Solar. “Ambas as parcerias foram precedidas por uma análise criteriosa, avaliando não apenas a capacidade financeira, mas também a qualidade dos produtos oferecidos”.

Ainda em janeiro, a Esfera estará recebendo toda a linha de inversores Solis e Sofar, onde o destaque fica para o ponto em que todos os inversores da Solis já estarão com o AFCI (Arc-Fault Circuit Interrupter), resultando em mais uma ferramenta de segurança para as instalações, e para a nova linha trifásica Low Voltage 220 V da Sofar – com os inversores de 50 kW, 60 kW e 75 kW.

Microinversor TSUNESS MP-3000 que será distribuído pela Esfera. Imagem: Esfera Solar/Reprodução

Microinversor TSUNESS MP-3000 que será distribuído pela Esfera. Imagem: Esfera Solar/Reprodução

Outros destaques

Outro ponto enfatizado pela empresa é que a mesma está em fase avançada de negociações para novas parcerias nas áreas de carregadores veiculares, baterias e inversores.

“As expectativas são de que essas colaborações se concretizem já no primeiro trimestre de 2024, proporcionando ao mercado novidades e inovações que fortalecerão ainda mais o setor de energia solar”, acrescentou Villas Boas.

Balanço de 2023

Conforme o executivo, a companhia encerrou o ano de 2023 com uma demonstração de resiliência em um período desafiador para o setor de GD (geração distribuída).

“Nos destacamos pelos pilares fundamentais como resiliência, gestão de equipe, clareza com clientes e parcerias sólidas com fornecedores. Diante das adversidades, mantivemos o foco na resolução de desafios imediatos, sempre com um olhar atento para o futuro”, relatou.

“O compromisso com a excelência reflete-se na busca contínua por novas parcerias que aprimorem a oferta aos clientes, tanto em termos de preço quanto de confiabilidade, ampliando o leque de soluções disponíveis – além da manutenção das parcerias já consolidadas, como DAH e Canadian”, concluiu o CEO da Esfera Solar.

Equipe da Esfera na Intersolar South America 2023. Imagem: Esfera Solar/Divulgação

Equipe da Esfera na Intersolar South America 2023. Imagem: Esfera Solar/Divulgação


Todo o conteúdo do Canal Solar é resguardado pela lei de direitos autorais, e fica expressamente proibida a reprodução parcial ou total deste site em qualquer meio. Caso tenha interesse em colaborar ou reutilizar parte do nosso material, solicitamos que entre em contato através do e-mail: [email protected].

Mateus Badra

Mateus Badra

Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como produtor, repórter e apresentador na TV Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020. Atualmente, é Analista de Comunicação Sênior do Canal Solar e possui experiência na cobertura de eventos internacionais.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.