Estruturas de fixação representam 10% do custo dos equipamentos de um sistema

Existem diversos modelos de fixadores no mercado solar para atender cada tipo de telhado
Estruturas de fixação representam 10% do custo dos equipamentos de um sistema fotovoltaico

Um projeto de instalação de sistema fotovoltaico contempla diversos componentes, desde painéis solares, micro inversores ou inversores, passando por cabeamento e conectores e chegando, claro, nas estruturas de fixação.

Hoje, as estruturas de fixação representam cerca de 10% do custo de equipamentos de um sistema fotovoltaico e desempenham uma função essencial, pois são elas que fixam os painéis solares no telhado. 

Para Pablo Larrieux, diretor de Marketing da Solar Group, entre os tipos de fixadores, os feitos de alumínio são uma opção vantajosa para sistemas fotovoltaicos instalados em telhados e lajes, pois possuem uma resistência natural ao processo de corrosão e uma proteção à oxidação.

“O alumínio cria uma camada de proteção contra a corrosão de forma espontânea, fenômeno conhecido como passivação, por ser um metal leve, o alumínio apresenta vantagem estrutural,  já que quanto mais leve for a instalação, menos peso o telhado terá que suportar”, explica Larrieux. 

O especialista ainda ressalta que o material possui uma vida útil de 30 anos, o que é essencial em um investimento de longo prazo como a implementação de um sistema fotovoltaico.

Fixador para cada telhado

Atualmente, existem diversos modelos de fixadores de painéis para atender o mercado fotovoltaico. Entre eles, fixadores para telhados cerâmicos, de fibrocimento, metálicos (zipado, trapezoidal, ondulado), telhados shingle e para lajes.

“É importante destacar que cada telhado apresenta características estruturais diferentes, por isso é essencial que cada projeto seja desenhado por um engenheiro responsável, que garanta a adequação do projeto ao telhado”, destaca o diretor.

Para um telhado cerâmico a opção é um fixador de gancho ou parafuso prisioneiro. Para um telhado metálico é um fixador de perfil plano contínuo ou segmentado, um fixador em que o perfil e o fixador ficam juntos na mesma peça, e parafuso prisioneiro para metal também. 

Em um telhado de fibrocimento a única opção é o parafuso prisioneiro, em telhados zipados e shingles os fixadores são, respectivamente, suportes zipados e shingles. Em lajes é preciso utilizar suportes em formato de triângulo para segurar os painéis. 

No caso de telhados com duas opções de fixadores, a decisão cabe ao instalador, com o gosto e necessidade do projeto. 

Imagem de Redação do Canal Solar
Redação do Canal Solar
Texto produzido pelos jornalistas do Canal Solar.

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal