26 de fevereiro de 2021
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 3,28GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 4,88 GW

Intraempreendedorismo: como você se posiciona no mercado de trabalho?

Autor: 17 de setembro de 2020Opinião
Intraempreendedorismo: como você se posiciona no mercado de trabalho?

Durante a pandemia ouviu-se muito sobre habilidades, diversas vezes com destaques para resiliência, adaptabilidade e empatia, entre outras. Na minha opinião, existem duas competências fundamentais, talvez não tão populares, ainda mais em processos de retomada e continuidade: o “intraempreendedorismo” e a “autonomia”.

Características do intraempreendedor

  • É bom comunicador. Está o tempo todo vendendo suas ideais para diferentes stakeholders.
  • Possui espírito de liderança. Equipes multidisciplinares juntamente com projetos e pressão por resultados fazem parte de sua rotina.
  • Tem visão estratégica. É imprescindível entender a estratégia da empresa e ter visão de longo prazo.
  • É criativo e está sempre querendo melhorar algo.
  • É protagonista dos processos e verdadeiro adepto do estilo “mão na massa”.
  • Possui um modelo mental questionador.
  • É altamente resiliente, flexível e adaptável.

Ao contrário do que muitos pensam, não é somente o empresário que cria seu próprio negócio. Afinal, como define Gifford Pinchót em sua obra “IntraprêNeuring: por que você não precisa deixar a empresa para tornar-se um empreendedor?”, intraempreendedores são “todos os sonhadores que realizam”. 

É justamente por isso que muitos profissionais intraempreendedores natos trabalham para empresas combinando suas habilidades em conquistar recursos internos e questionando a todo momento os processos existentes, buscando incansavelmente soluções inovadoras e desafiando constantemente o famoso “status quo”.

Quem durante essa pandemia não precisou experimentar seu lado intraempreendedor? Em qual empresa não foi evidenciada a necessidade desse perfil de colaboradores? Afinal, essas pessoas provocam mudanças, otimizam recursos e “fazem do limão a limonada” – famosa máxima popular.

Quando falamos em autonomia, por sua vez, fica evidente que com o home office e o distanciamento físico, essa capacidade é ainda mais requisitada, já que inúmeras decisões são tomadas em um curto espaço de tempo todos os dias. 

Assim, as empresas precisaram (e continuarão precisando) contar com colaboradores solucionadores de problemas, que contribuem com respostas assertivas em situações adversas.

Autonomia é o que determina o quão longe o indivíduo vai com base em seus recursos próprios. Por isso, pessoas autônomas estão constantemente estudando, compartilhando e aprendendo, já que é desta forma que elas recarregam a si mesmas, enquanto a distância percorrida será determinada pelo grau de confiança que possuem. 

Para finalizar minha reflexão, compartilho aqui com vocês uma frase de que gosto muito, atribuída a Leonardo da Vinci: “Já há muito tempo atentei para o fato de que pessoas de grandes realizações raramente relaxam e deixam as coisas acontecerem para elas. Elas correm atrás e fazem acontecer”. 

Você concorda que independentemente de ser colaborador ou empresário, essa sentença tem muita relação com autonomia, intraempreendedorismo e o papel de protagonismo que o indivíduo assume onde quer que ele se posicione no mundo dos negócios?

{loadmoduleid 345}
{loadmoduleid 248}
{rfbcomment}100%{end-rfbcomment}

Monalisa Gomes

Monalisa Gomes

MBA Finance, Audit and Controlling na FGV.

Comentar

Opinião

O que esperar para o setor solar em 2021?

Não haveria luz se não fosse a escuridão. A frase de Lulu Santos é da década de 1980 e ilustra muito bem o nosso 2020. Começamos o ano sob a sombra das incertezas político-econômicas, mas experiência é para isso. Enquanto a gente consegue enxergar, não para de caminhar. Pensando assim, a Aldo Solar iniciou 2020 reforçando os laços com os maiores fornecedores mundiais para continuar a oferecer o que há de melhor no mundo em equipamentos, tecnologia e uso de energia solar. Apesar da pouca claridade, nosso “norte” já está estabelecido: incentivar cada vez mais o ato de produzir energia…
22 de dezembro de 2020
Opinião

Como a energia solar deve se tornar um diferencial competitivo nas indústrias?

A história das organizações tem nos mostrado, através do tempo, o quão importante é a gestão de custos para que determinada empresa possa, além de sobreviver, mostrar-se competitiva e estabelecer diferenciais em relação aos seus concorrentes. Não importa se você é adepto de teorias mais clássicas de administração como as de Fayol ou Taylor, ou se está familiarizado e aplica o que há de mais novo na gestão, como as teorias de oceano azul e vermelho, organizações exponenciais e design thinking. Um ponto em comum de qualquer uma dessas teorias é: assim como as nossas unhas precisam ser cortadas constantemente,…
29 de outubro de 2020
Opinião

Código Brasileiro de Energia Elétrica: o que esperar para a GD?

Nosso país possui uma série de leis, decretos, portarias e medidas provisórias que regulamentam o setor elétrico brasileiro. Hoje, qualquer pessoa que  se disponha a entender, ou pelo menos a começar a entender um pouco da complexidade deste segmento, enfrenta algumas dificuldades iniciais. Como responsável pela setor de Regulação da Bluesun do Brasil, destaco que o primeiro entrave está no fato de que a legislação não se encontra compilada. Em decorrência disso, mais árdua se torna a tarefa de descobrir as normas que regem o setor. Sem dúvida, esses dois pontos dificultam em muito o estudo, a consulta e a…
19 de outubro de 2020
Opinião

Como a Lei Geral de Proteção de Dados vai impactar o marketing digital?

A LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), sancionada em 14 de agosto de 2018, passou a vigorar a partir de 18 de setembro de 2020 e causará impactos em empresas de diversos setores, incluindo o marketing, que tem os dados como a principal fonte de análise para compreender a efetividade das estratégias traçadas. Para que a lei pudesse passar a valer, era necessário a criação, por parte do Governo Federal, de um órgão regulador – a ANPD (Agência Nacional de Proteção de Dados) –, que se deu em 27 de agosto de 2020, quando o Senado aprovou a Medida…
5 de outubro de 2020
Opinião

Banco Mundial divulga dados do potencial da energia solar na América Latina

Muito ainda precisa ser feito quando o assunto é explorar o potencial de energia solar fotovoltaica na América Latina, apesar do crescimento do setor na região. Está claro que há muito trabalho por fazer e que, com o apoio massivo dos governos e de todos os segmentos da sociedade, o desenvolvimento traria incontáveis benefícios. Alguns números relevantes foram divulgados pelo Banco Mundial, que vale a pena conferir nesse post. Ferramenta mede potencial de produção de energia solar Um relatório divulgado pelo Banco Mundial revela que um quinto da população do planeta distribui-se entre 70 países com alto potencial para exploração…
29 de setembro de 2020
Opinião

Manutenção dos incentivos no ICMS para solar em MG

Com a publicação da REN 482 (Resolução Normativa 482/2012) da ANEEL, desde 17 de abril de 2012 restou estabelecida a possibilidade de o consumidor cativo gerar sua própria energia elétrica a partir de fontes renováveis ou cogeração qualificada, e fornecer o excedente para a rede de distribuição de sua localidade – trata-se da micro e minigeração distribuídas de energia elétrica, inovações que aliam economia financeira, consciência socioambiental e autossustentabilidade. Sob esse aspecto, destaca-se que a energia elétrica proveniente de unidades micro ou minigeradoras distribuídas não se enquadra na hipótese de incidência constitucionalmente prevista para o ICMS (Imposto sobre Circulação de…
10 de setembro de 2020