4 de março de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,9GW

Novas regras da Lei 14.300 podem ser adiadas para 2024

Reuniões do INEL, em Brasília, buscam estreitar relações com a ANEEL e os deputados para atingir o objetivo  

Autor: 28 de outubro de 2022outubro 31st, 2022Brasil
2 minutos de leitura
Novas regras da Lei 14.300 podem ser adiadas para 2024

Presidente do INEL, Heber Galarce, em reunião presencial com o Diretor Geral da ANEEL, Sandoval Feitosa. Foto: Divulgação

Representantes do INEL (Instituto Nacional de Energia Limpa) se reunirão em Brasília, na próxima segunda-feira (31), com o deputado federal Lafayette de Andrada (Republicanos-MG) e com o Diretor Geral da ANEEL, Sandoval Feitosa.

O objetivo é dar andamento a possibilidade de uma prorrogação das regras atuais de compensação da GD (geração distribuída), previstas na Lei 14.300, por mais 12 meses: de janeiro de 2023 para janeiro de 2024.

A informação foi divulgada, com exclusividade ao Canal Solar, por Ricardo Costa, secretário de Energia Solar do INEL.

Na última quinta-feira (27), ele e o presidente da entidade, Heber Galarce, estiveram em Brasília para ter uma primeira conversar com Feitosa.

O tema principal da reunião envolveu, justamente, a possibilidade de extensão do prazo das aplicações de regras atuais da GD.

“Na segunda-feira (31), estaremos, mais uma vez, em Brasília, também com o deputado Lafayette de Andrada para pavimentar a discussão, ainda esse ano, com outros parlamentares, buscando sucesso na solicitação da postergação”, disse Costa.

De acordo com a secretário do INEL, a conversa com Lafayatte de Andrada está marcada para acontecer de manhã, enquanto que com Feitosa no período da tarde.

“A conversa será individual com cada um. Especificamente com o Sandoval, vamos reforçar as mesmas questões (da reunião de quinta-feira) e entrar em alguns detalhamentos maiores”, disse ele.

Henrique Hein

Henrique Hein

Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como repórter do Jornal Correio Popular e da Rádio Trianon. Acompanha o setor elétrico brasileiro pelo Canal Solar desde fevereiro de 2021, possuindo experiência na mediação de lives e na produção de reportagens e conteúdos audiovisuais.