1 de março de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,9GW

Subestação pega fogo e deixa 40 mil unidades consumidoras sem acesso à energia

Suspeita é que a unidade tenha sofrido uma tentativa de furto de cabos por um homem que foi encontrado morto no local

Autor: 5 de fevereiro de 2024Brasil
2 minutos de leitura
Subestação pega fogo e deixa 40 mil unidades consumidoras sem acesso à energia

Foto: Diário Digital/Reprodução

Um homem morreu carbonizado e cerca de 40 mil unidades consumidoras ficaram sem acesso à energia elétrica, na madrugada desta segunda-feira (5), por causa de uma explosão e um incêndio ocorrido em uma subestação de energia da Energisa, na Vila Progresso, em Campo Grande (MS).

A principal suspeita é que a unidade tenha sofrido uma tentativa de furto de cabos, ocasionado um curto-circuito e as chamas na sequência. O homem que morreu no local teria arrombado a entrada do local para praticar o crime.

Moradores da região relataram que a explosão ocorreu por volta das 4h30. Equipes do Corpo de Bombeiros foram acionadas e controlaram as chamas. A Polícia Civil e a perícia também estiveram na unidade.

Em nota, a Energisa informou que o incidente danificou equipamentos da subestação e causou a interrupção no fornecimento de energia, restabelecido totalmente às 6h36. O episódio segue em investigação pelas autoridades competentes.

“A Energisa reforça sua política de valorização à vida e segurança de colaboradores e comunidade. Na subestação e no entorno, há avisos sobre o risco de acessar fios e equipamentos de alta tensão”, destacou a empresa de distribuição de energia.


Todo o conteúdo do Canal Solar é resguardado pela lei de direitos autorais, e fica expressamente proibida a reprodução parcial ou total deste site em qualquer meio. Caso tenha interesse em colaborar ou reutilizar parte do nosso material, solicitamos que entre em contato através do e-mail: [email protected].

Henrique Hein

Henrique Hein

Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como repórter do Jornal Correio Popular e da Rádio Trianon. Acompanha o setor elétrico brasileiro pelo Canal Solar desde fevereiro de 2021, possuindo experiência na mediação de lives e na produção de reportagens e conteúdos audiovisuais.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.