Tongwei avalia mercado brasileiro como estratégico para expansão da produção de módulos 

A TW Solar, empresa do grupo, possui módulos P-Type e N-Type mono e bifaciais com tecnologia TOPCon e HJT
CanalSolar Tongwei avalia mercado brasileiro como estratégico para expansão da produção de módulos
Grupo tem participação predominante no segmento por atuar de forma verticalizada em toda a cadeia fotovoltaica

A TW Solar, divisão de fabricação de módulos, do grupo Tongwei, chegou ao Brasil com planos ambiciosos de expansão, tendo o mercado brasileiro como um dos principais para fortalecer sua marca.

A empresa conta com uma sólida base por ser integrante do grupo Tongwei, que é listado na bolsa e uma das 500 maiores empresas do segmento de energia, segundo a Forbes Magazine.

O grupo tem participação predominante no segmento por atuar de forma verticalizada em toda a cadeia fotovoltaica, sendo líder global na fabricação de polysilicon e de células. Além disso, é um dos maiores produtores de wafers e uma das cinco maiores fabricantes de módulos em todo o mercado global.

“A Tongwei esteve sempre atenta ao Brasil, que possui vantagens únicas de desenvolvimento da fonte solar, e está empenhada em contribuir para a evolução desta fonte na matriz energética do Brasil”, afirmou a companhia.

“A Tongwei está atuando com a finalidade de trabalhar junto com o mercado brasileiro para criar um futuro ainda mais sustentável e mais verde”, acrescentou a fabricante.

De acordo com a Tongwei, em 2023 o grupo estima produzir 350 mil toneladas de polysilicon, 15 GW de wafers, 105 GW de células fotovoltaicas e 80 GW de módulos.

Hoje, a Tongwei é também uma das maiores investidoras em P&D (Pesquisa e Desenvolvimento) de tecnologias para fabricação de células solares fotovoltaicas P-Type, N-Type, TOPCon e HJT.

A TW Solar possui uma linha de produção de módulos P-Type, monofaciais e bifaciais, com células de 182 mm e 210 mm, que vão de 550 W a 580 W e de 650 W a 670W. A empresa também fabrica módulos mono e bifaciais N-Type TOPCon com células de 182 mm, com potências que vão de 550 W a 580 W e painéis N-Type HJT, monofaciais e bifaciais, com células de 210 mm, com potências que vão de 680 W a 730 W.

Segundo a empresa, quando os objetivos de atingir as metas de pico de carbono e neutralidade de carbono se tornam um consenso global é mais urgente do que nunca desenvolver vigorosamente a energia limpa.

“A TW Solar, do grupo Tongwei, tem se dedicado a fornecer produtos e soluções de energia eficientes e de alta qualidade para clientes em todo o mundo, fazendo esforços incessantes para a evolução energética global e o desenvolvimento sustentável da humanidade”, destacou a empresa.

Imagem de Ericka Araújo
Ericka Araújo
Head de jornalismo do Canal Solar. Apresentadora do Papo Solar. Desde 2020, acompanha o mercado fotovoltaico. Possui experiência em produção de podcast, programas de entrevistas e elaboração de matérias jornalísticas. Em 2019, recebeu o Prêmio Jornalista Tropical 2019 pela SBMT e o Prêmio FEAC de Jornalismo.

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal