26 de fevereiro de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,8GW

Trina fornecerá 520 MW de rastreadores para uma das maiores usinas do país

Com esse contrato, a fabricante encerrará este ano com vendas de 1 GW em trackers no Brasil

Autor: 18 de novembro de 2022dezembro 4th, 2022Mercado
4 minutos de leitura
Trina fornecerá 520 MW de rastreadores para uma das maiores usinas do país

Complexo desenvolvido pelo Grupo Rio Alto começou a ser construído em 2022

A fabricante Trina Solar irá fornecer seus rastreadores Vanguard1P, otimizados com a inteligência artificial SuperTrack, para um dos maiores projetos solares do Brasil, o Complexo Santa Luzia.

Desenvolvido pela Rio Alto Energias Renováveis, o empreendimento fotovoltaico, localizado no estado da Paraíba, terá uma capacidade de 520 MW quando suas nove usinas entrarem em operação.

A construção do projeto, que começou este ano, tem previsão final para terminar esta primeira fase das primeiras nove usinas em 2024. A Rio Alto projeta a criação de 750 empregos diretos apenas nesta fase de implantação.

Os primeiros rastreadores do projeto chegam ao Brasil em fevereiro do ano que vem. As demais entregas serão feitas de forma sequencial até o final de 2023.

“Estamos felizes em fazer parte deste projeto, oferecendo a melhor tecnologia de geração solar fotovoltaica à disposição no mundo atualmente. Para a Trina, é muito importante também ajudar a combater o aquecimento global e ainda contribuir para a geração de empregos”, explica Alvaro García-Maltrás, vice-presidente para América Latina e Caribe da Trina Solar.

Com esse contrato, o executivo prevê que a Trina Solar encerrará este ano com vendas de 1 GW em rastreadores no Brasil.

A Rio Alto utilizará módulos bifaciais que serão instalados nos rastreadores Vanguard1P, da Trina Tracker. O rastreador, que foi lançado em dezembro do ano passado e já foi utilizado na usina Qinghai-Henan Solar Park, na China – segunda maior do mundo -, oferece alta estabilidade e possui sistema de amortecedores duplos, o que dá mais segurança contra as fortes rajadas de vento.

Além disso, o Vanguard1P possui fileiras individualizadas, que contam com comunicação wireless e alimentação por meio  dos próprios módulos do projeto.

“Para nós do Grupo Rio Alto, ter uma empresa renomada, com tecnologia de ponta e reconhecida no mercado como a Trina Solar, agrega valor ao projeto e aumenta sua confiabilidade. Temos orgulho de ter parceiros comprometidos com um futuro energético sustentável para todos”, afirma João Batista Meirelles, diretor de Compras e Implementação da Rio Alto Energias Renováveis.

Segundo a Trina Solar, o sistema de inteligência artificial SuperTrack contratado pela Rio Alto consegue diminuir significativamente o sombreamento de um módulo sobre o outro em casos de terrenos acidentados.

A companhia explica que, por si só, os rastreadores solares permitem um ganho entre 15% e 20% na geração de energia em relação a estruturas fixas. Acoplados a sistemas de inteligência artificial, o ganho pode ainda ser maior: entre 3% e 8% em relação a rastreadores tradicionais.

“O design de nossos rastreadores maximiza o desempenho energético dos módulos bifaciais. Com o sistema de controle inteligente SuperTrack, é possível ajustar em tempo real o melhor ângulo de rastreamento, levando em consideração tanto a radiação direta quanto a difusa por meio de um algoritmo inteligente,” explica Marcus Fabrino, Diretor de vendas da TrinaTracker na América Latina e Caribe.

O executivo ainda lembra que o SuperTrack poderá controlar de forma independente cada fileira de rastreadores, mitigando assim a perda de energia causada por sombras de uma fileira sobre a outra em terrenos inclinados, como o do Complexo Santa Luzia.

A tecnologia e a confiabilidade foram determinantes para a Rio Alto escolher os rastreadores da Trina Solar. “Nossa decisão foi baseada na confiança em uma das maiores fabricantes de módulos do mundo, a Trina Solar, que vem investindo muitos recursos neste novo mercado de rastreadores solares e apresentado soluções inteligentes”, disse Edmond Farhar, CEO do Grupo Rio Alto.

“Estamos muito entusiasmados com esta nova parceria e esperamos que possamos escrever uma nova trajetória juntos para estes e os demais projetos que iremos construir nos próximos anos”, acrescenta.

A Trina Tracker conta com uma equipe muito experiente na América Latina, que já dimensionou, fabricou e entregou mais de 3 GW em rastreadores em toda a região.

Ericka Araújo

Ericka Araújo

Head de jornalismo do Canal Solar. Apresentadora do Papo Solar. Desde 2020, acompanha o mercado fotovoltaico. Possui experiência em produção de podcast, programas de entrevistas e elaboração de matérias jornalísticas. Em 2019, recebeu o Prêmio Jornalista Tropical 2019 pela SBMT e o Prêmio FEAC de Jornalismo.