26 de fevereiro de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,8GW

TrinaTracker se une ao governo queniano para atender povos Kalenjin

O projeto proporcionou capacitação técnica e conscientização de sustentabilidade

Autor: 7 de abril de 2022dezembro 4th, 2022Notícias
2 minutos de leitura
TrinaTracker se une ao governo queniano para atender povos Kalenjin

O intuito é promover melhorias na economia local e na qualidade de vida dos moradores de Uasin Gishu. Foto: TrinaTraker

Nesta quarta-feira (6), a fabricante de rastreadores TrinaTracker concluiu a entrega e construção de três novas usinas fotovoltaicas para as empresas Radiant, Eldosol e Kesses, no município de Uasin Gishu, no Quênia. Juntas, as instalações têm capacidade instalada de 155 MW.

Para José Carlos Talavera, gestor de projeto da TrinaTracker no continente africano, o projeto é um motivo de orgulho. “Estamos orgulhosos de implementar usinas fotovoltaicas em áreas remotas, pois podemos ajudar a população local através dos projetos que fazemos”, afirmou Talavera.

“Assim como os projetos no Quênia, é um grande prazer vermos como os Kalenjin aprendem sobre tecnologia fotovoltaica e estão mais conscientes das questões de sustentabilidade”, acrescentou o gestor.

A TrinaTracker prestou colaboração ao governo local, com o intuito de promover melhorias na economia local e na qualidade de vida dos moradores de Uasin Gishu, povos membros das tribos Kalenjin.

Segundo a unidade de rastreadores da Trina Solar, a cooperação foi realizada por meio de um recrutamento de moradores de cinco aldeias localizadas nas proximidades da obra, com a intenção de envolvê-los na construção dos projetos fotovoltaicos.

Além disso, a empresa informou que também será oferecido um tratamento técnico. Ainda de acordo com a TrinaTracker , o recrutamento é uma estratégia para oferecer novas oportunidades de trabalho e, consequentemente, proporcionar melhores condições de vida.

Redação do Canal Solar

Redação do Canal Solar

Texto produzido pelos jornalistas do Canal Solar.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.