Vencedores do The smarter E AWARD 2024 são anunciados na Intersolar Europe

Pela primeira vez, o prêmio foi concedido em cinco categorias
Vencedores do The smarter E AWARD 2024
Cerimônia ocorreu na véspera da The smarter E Europe

Na véspera da The smarter E Europe, a maior feira para a indústria de energia na Europa, os vencedores do The smarter E AWARD 2024 foram anunciados em uma cerimônia oficial no International Congress Center München, em Munique, Alemanha.

Pela primeira vez, o prêmio foi concedido em cinco categorias: Fotovoltaicos, Armazenamento de Energia, E-Mobilidade, Energia Integrada Inteligente e Projetos Notáveis.

O Canal Solar esteve presente e acompanhou a cerimônia de premiação. Confira abaixo as empresas premiadas nas cinco categorias.

Energia Fotovoltaica

A ArcelorMittal foi premiada com a sua solução BIPV (energia fotovoltaica integrada em edifícios) Helioroof. O produto combina painéis de cobertura à base de aço com células TOPCon monocristalinas e uma película plástica protetora. 

Eles são pré-fabricados em comprimentos variáveis, de dois a doze metros, e podem fornecer até 2,17 kWp. De acordo com a ArcelorMittal, a ausência de vidro e molduras de montagem torna-os até 50% mais leves e 40% mais rápidos de instalar do que os sistemas fotovoltaicos convencionais. 

Já a empresa alemã NexWafe foi premiada pela produção de células solares com seus wafers EpiNex, produzidos pela tecnologia direta Gas-to-Wafer. Segundo a empresa, eles podem ser tão finos quanto 50 mícrons, menos da metade da espessura dos wafers fabricados convencionalmente. 

Ainda de acordo com a NexWafe, esses wafers reduziriam a perda de silício em 90%, o consumo de energia em 60% e os custos de produção em 50%. 

A fabricante SMA também foi premiada na categoria Energia Fotovoltaica com o Sunny Central FLEX, que oferece uma interface entre centrais fotovoltaicas de grande escala, a rede elétrica e sistemas de armazenamento de baterias. 

A solução combina um conversor DC-DC, um inversor, um transformador de média tensão e um disjuntor em um único contêiner de 40 pés. Segundo a SMA, o equipamente permite o acoplamento DC de sistemas de armazenamento de bateria, melhora a eficiência e reduz custos. 

Além disso, é uma das primeiras plataformas de inversores centrais em grande escala para projetos solares de grande escala a usar tecnologia de carboneto de silício e melhora o gerenciamento de calor e atinge uma eficiência de conversão DC-DC de até 99,5%. 

Armazenamento de Energia

A ESS Inc., dos EUA, destacou-se com o Energy Center, uma bateria de fluxo de ferro modular com capacidade de armazenamento de 1,16 MWh. Este sistema modular é projetado para diversas aplicações comerciais e conectadas à rede.

De acordo com a empresa, o sistema não requer refrigeração e oferece ciclos ilimitados sem degradação. Além disso, este sistema pode fornecer 145 kW de energia por oito horas ou pode ser configurado para durar doze horas. 

A Pfannenberg Europe GmbH, da Alemanha, venceu com o Compact Chiller VLV 12, uma solução térmica inteligente para sistemas de baterias, proporcionando 12 kW de capacidade de resfriamento em diversas condições ambientais.

A sonnen GmbH foi reconhecida pelo sonnenPro FlexStack, um sistema de armazenamento de energia modular para aplicações comerciais e industriais, com uma capacidade de armazenamento que varia de 110 kWh a 495 kWh.

E-Mobilidade

A Designwerk Technologies, da Suíça, desenvolveu um sistema de carregamento de baterias em contêiner que permite carregar veículos elétricos pesados em uma taxa de megawatt, adequado para locais com limitações de conexão de rede.

A EcoG, da Alemanha, apresentou uma matriz de comutação dinâmica que conecta módulos de energia com pontos de carregamento para veículos elétricos, melhorando a eficiência e reduzindo os custos de instalação de estações de carregamento.

A Apollo Power, de Israel, desenvolveu módulos solares flexíveis para veículos comerciais, como caminhões e ônibus, ajudando a reduzir emissões de carbono e melhorando a eficiência energética.

Energia Integrada Inteligente

A CyberGrid, da Áustria, criou a plataforma CyberNoc, que permite a agregação, administração e monetização de sistemas de energia renovável, facilitando a criação de usinas virtuais e otimizando a gestão de portfólios de energia descentralizados.

A dvlp.energy, da Alemanha, desenvolveu uma plataforma que combina dados de satélite com ferramentas baseadas em IA para identificar locais ideais para novos projetos solares, eólicos e de baterias, acelerando o planejamento de projetos de energia renovável.

The Mobility House, também da Alemanha, criou uma plataforma que facilita a comercialização de sistemas de armazenamento de baterias em larga escala, permitindo a participação em mercados de energia e aumentando a vida útil das baterias usadas.

Projetos Notáveis

A IO-Dynamics foi reconhecida por seu projeto de eletrificação de última milha, que implementou uma infraestrutura de carregamento em 18 locais de armazém para alimentar 1 mil caminhões de entrega elétrica, otimizando a eficiência da carga.

A MaxSolar destacou-se com seu projeto de inovação em Bundorf, que inclui um parque solar de 125 MWp, fornecendo energia verde para 37.500 residências e promovendo a biodiversidade local.

A Red Sea Global, da Arábia Saudita, desenvolveu o projeto The Red Sea Destination, um resort de luxo alimentado por um sistema solar off-grid, estabelecendo novos padrões para o turismo sustentável.

Todo o conteúdo do Canal Solar é resguardado pela lei de direitos autorais, e fica expressamente proibida a reprodução parcial ou total deste site em qualquer meio. Caso tenha interesse em colaborar ou reutilizar parte do nosso material, solicitamos que entre em contato através do e-mail: [email protected].

Imagem de Ericka Araújo
Ericka Araújo
Head de jornalismo do Canal Solar. Apresentadora do Papo Solar. Desde 2020, acompanha o mercado fotovoltaico. Possui experiência em produção de podcast, programas de entrevistas e elaboração de matérias jornalísticas. Em 2019, recebeu o Prêmio Jornalista Tropical 2019 pela SBMT e o Prêmio FEAC de Jornalismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal