1 de março de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,9GW

AE Solar se une à Fraunhofer CSP para pesquisa de painéis resistentes ao sombreamento

Módulo possui diodos de desvio integrados para cada célula solar individual, que pode produzir até 80% mais energia

Autor: 18 de janeiro de 2024Parcerias
3 minutos de leitura
AE Solar se une à Fraunhofer CSP para pesquisa de painéis resistentes ao sombreamento

Da esquerda para a direita estão: Tales Siqueria - AE Solar; Dr. Hamed Hanifi - AE Solar; Andreas Maixner - AE Solar; Matthias Pander - Fraunhofer CSP; Dr. Stephan Großer - Fraunhofer CSP; Ringo Köpge - Fraunhofer CSP; Tobias Albrecht - Fraunhofer CSP; e Jens Fröbel - Fraunhofer CSP. Imagem: AE Solar/Divulgação

Para superar a questão do sombreamento dos módulos nos telhados, a AE Solar desenvolveu o “AE Smart Hot-Spot Free” – um painel com diodos de desvio integrados para cada célula solar individual, que pode produzir até 80% mais energia do que os produtos tradicionais em condições de sombreamento parcial.

Pensando em aprimorar ainda mais essa tecnologia, a fabricante está colaborando com o Fraunhofer CSP (Center for Silicon Photovoltaics), que realiza pesquisas aplicadas na área de cristalização, módulos fotovoltaicos e wafers, para desenvolver uma nova geração de painéis resistentes à sombra, utilizando células cortadas pela metade.

A colaboração está sendo conduzida no âmbito de um projeto de pesquisa SegmentPV e é financiado pelo Bundesministerium für Wirtschaft und Klimaschutz (Ministério Federal de Assuntos Econômicos e Ação Climática da Alemanha).

A iniciativa começou em maio de 2023 e envolve dois anos de trabalho de pesquisa. “Dentro do projeto, os componentes do módulo, os designs e os protótipos criados pela AE Solar serão testados pela Fraunhofer CSP para obter um maior rendimento de energia, melhor tolerância ao sombreamento e excelente confiabilidade para um produto inovador que lida com um dos maiores desafios da energia fotovoltaica em telhados”, afirmou Hamed Hanifi, diretor de Pesquisa e Desenvolvimento Global da AE Solar e coordenador do SegmentPV.

Sede da Fraunhofer CSP. Imagem: AE Solar/Divulgação

Sede da Fraunhofer CSP. Imagem: AE Solar/Divulgação

O que é o sombreamento parcial?

Esse tipo de sombreamento pode ocorrer devido a presença de obstáculos como árvores, chaminés ou parapeitos. Estruturas próximas, poeira e neve também contribuem com frequência para o problema. O sombreamento parcial leva a uma perda significativa de produção de energia e a incompatibilidades no nível do módulo, bem como entre os painéis conectados em uma cadeia.

“A perda de energia devido ao sombreamento é altamente dependente do projeto do painel, do padrão de sombreamento e da orientação do sombreamento. E embora os otimizadores de energia possam minimizar as perdas decorrentes de incompatibilidade, eles não podem salvar a string ou o módulo fotovoltaico afetado e aumentam o volume de investimento. Além disso, os dispositivos eletrônicos ativos demonstram ter uma vida útil menor em comparação aos componentes passivos, como os módulos”, explicou a companhia.

Módulo “AE Smart Hot-Spot Free”. Imagem: AE Solar/Divulgação

Módulo “AE Smart Hot-Spot Free”. Imagem: AE Solar/Divulgação

Setor solar na Europa

As metas de energia renovável na Europa exigem aumentos significativos em sua implementação. As instalações em telhados dominaram o setor em relação a outras aplicações na região, com cerca de 60% da participação de mercado em 2022.

A Alemanha é o maior mercado europeu em relação à capacidade total de instalação, tendo mais de 42 GW de potência de energia solar em telhados até o final de 2021. Já a Holanda, como o país com a maior capacidade de instalação fotovoltaica per capita da Europa, tem mais de 80% das instalações em pequenos telhados.


Todo o conteúdo do Canal Solar é resguardado pela lei de direitos autorais, e fica expressamente proibida a reprodução parcial ou total deste site em qualquer meio. Caso tenha interesse em colaborar ou reutilizar parte do nosso material, solicitamos que entre em contato através do e-mail: [email protected].

Mateus Badra

Mateus Badra

Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como produtor, repórter e apresentador na TV Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020. Atualmente, é Analista de Comunicação Sênior do Canal Solar e possui experiência na cobertura de eventos internacionais.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.