ANEEL publica critérios para adição de renováveis em sistemas isolados

Segundo a Análise de Impacto Regulatório, a energia solar fotovoltaica é a mais adequada
Aneel publica critérios para adição de fontes renováveis em usinas a diesel em sistemas isolados
Para as usinas fotovoltaicas adicionadas às usinas termelétricas, agora existe regra específica. Foto: Elements.

A ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) publicou a Resolução 961 (Resolução Normativa  n.º 961/2021), estabelecendo os critérios para a adição de fontes renováveis e sistemas de armazenamento em usinas a diesel nos sistemas isolados.

De acordo com a AIR (Análise de Impacto Regulatório), a energia solar fotovoltaica é a fonte renovável mais adequada para o processo de adição a esses sistemas.

“Antes desta resolução, a possibilidade de adicionar unidades geradoras de fonte renovável aos sistema isolados era analisada caso a caso, sem haver uma regra objetiva, com a divisão dos benefícios alcançados com a combinação de fontes a estes sistemas”, esclarece Einar Tribuci, sócio do Tribuci Advogados e diretor jurídico e tributário da ABGD (Associação Brasileira de Geração Distribuída).

Segundo Tribuci, a nova regra estabelece que para os CCESI (Contratos de Comercialização de Energia Elétrica e Potência nos Sistemas Isolados) com prazo remanescente superior a cinco anos – que a central geradora ainda não utilize unidades geradoras de fonte renovável – a redução das parcelas que compõem o preço de referência até o fim do contrato será de 30%, em relação ao benefício estimado. 

Já para as usinas fotovoltaicas adicionadas às usinas termelétricas, agora existe regra específica, conforme explica o especialista. “Ela computará como benefício estimado o custo evitado com o uso de combustível, menos o custo unitário da energia fotovoltaica, multiplicado pela estimativa de produção de energia renovável, dividido pelo montante de energia requerido no CCESI relacionado”, contabiliza.

A REN 961/2021 também traz uma tabela anexa que contempla o custo da energia fotovoltaica (R$/MWh) por faixa de potência e pela quantidade de anos remanescentes do CCESI. Confira abaixo:

Custos da energia fotovoltaica por faixa de potência e pela quantidade de anos remanescentes do CCESI

Para Tribuci, a medida deve atingir seu objetivo possibilitando a adição de unidades geradoras de fonte renovável aos sistemas isolados. “Principalmente a fotovoltaica, impactando, assim, na diminuição do custo da CDE (Conta de Desenvolvimento Energético) para todos os consumidores”.

Imagem de Redação do Canal Solar
Redação do Canal Solar
Texto produzido pelos jornalistas do Canal Solar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal