19 de agosto de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 5,61GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 12,3W

Apple é 100% renovável e desafia fornecedores

A companhia se comprometeu em investir sozinha $ 2,5 bilhões em programas de redução de CO2

Autor: 14 de abril de 2019outubro 3rd, 2020Mundo
Apple é 100% renovável e desafia fornecedores

A gigante fabricante de eletrônicos, que produz os renomados iphone, ipad e mcbook, lançou em 2007 um programa de responsabilidade ambiental, com o objetivo de ter 100% da energia consumida em suas operações produzidas por fontes renováveis de energia, principalmente solar fotovoltaica e eólica. Após cumprir com a meta em 2018, a empresa voltou seus esforços aos seus fornecedores, incentivando-os a utilizar renováveis na energia consumida para fabricar os componentes que vão em seus produtos.

Após o anúncio de retirada dos Estados Unidos do tratado de Paris, a companhia se comprometeu em investir sozinha $ 2,5 bilhões em programas de redução de CO2 e mudanças do clima. De acordo com a vice-presidente de questões ambientais e sociais da companhia, Lisa Jackson, para abastecer com energias renováveis todas as dependências da companhia em 43 diferentes países, incluindo lojas, data-centers, escritórios e a sede administrativa em Cupertino na Califórnia, foi preciso liderança e muito esforço. Segundo ela, o uso de energias renováveis possibilitou uma redução de emissão de CO2 em suas operações em mais de 54% e evitou que os números se elevassem ao longo dos anos.

 

Figura 1 – Usina solar fotovoltaica de 17 MWp instalada em sua sede administrativa em Cupertino-CA.

Meta doméstica atingida, a companhia agora concentra seus esforços em seus fornecedores e parceiros. Mais de 48 fornecedores em suas 71 plantas fabris aderiram ao programa, investindo na instalação de grandes projetos fotovoltaicos e eólicos totalizando mais de 485 MW. Como essa iniciativa, a Apple e seus fornecedores devem chegar a uma redução de emissão de CO2 em cerca de um terço de todas as suas operações até 2020.  Outras grandes empresas devem seguir essa tendência. Segundo Jackson, a Apple criou um exemplo a ser seguido por pessoas e empresas.