14 de abril de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 13,1GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 28,4GW

Atlas vende cinco usinas solares por R$ 3,5 bilhões no Brasil

Segundo a companhia, operação faz parte da estratégia de rotação de ativos

Autor: 31 de outubro de 2023Mercado
2 minutos de leitura
Atlas vende cinco usinas solares por R$ 3,5 bilhões no Brasil

Sol do Sertão, 81 MW de potência, no Ceará. Foto: Web/Atlas

A Atlas Renewable Energy realizou a venda de cinco usinas solares de grande porte para a Engie Brasil, pelo valor de R$ 3,5 bilhões.

Segundo a Atlas, o negócio é parte de sua estratégia de rotação de ativos e, portanto, buscará reinvestir o capital no desenvolvimento de novos projetos de energia renovável no país.

Os parques envolvidos no negócio são Juazeiro, São Pedro, Sol do Futuro, Sertão Solar e Lar do Sol, que juntos somam 545 MW de capacidade instalada, localizados nos estados da Bahia, Ceará e Minas Gerais.

A Atlas informou por meio de nota que manterá um portfólio de mais de 1,8 GW de capacidade instalada no Brasil, o qual inclui dois parques fotovoltaicos em construção no estado de Minas Gerais, entre eles a maior usina solar da América Latina, e dois outros projetos já em operação.

Além disso, a empresa possui um portfólio de mais de 15 GW de energia sustentável em desenvolvimento no Brasil, incluindo solar e eólica, em distintas fases.

“A Atlas está crescendo significativamente no Brasil, e essa transação nos permitirá desenvolver mais projetos no país, que continua a ser um dos principais mercados da Atlas, com foco contínuo no desenvolvimento de soluções personalizadas de energia renovável para clientes de diferentes setores da economia nacional”, afirma Fábio Bortoluzo, country manager da Atlas Renewable Energy no Brasil.

A operação, no entanto, ainda está sujeita a análise dos órgãos competentes, incluindo a aprovação do CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica).

Wagner Freire

Wagner Freire

Wagner Freire é jornalista graduado pela FMU. Atuou como repórter no Jornal da Energia, Canal Energia e Agência Estado. Cobre o setor elétrico desde 2011. Possui experiência na cobertura de eventos, como leilões de energia, convenções, palestras, feiras, congressos e seminários.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.