16 de agosto de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 5,61GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 12,2W

Aurora Energia expande projeto de energia solar e gera novos empregos

Empresa com a maior licença ambiental no Brasil, contribui cada vez mais com a matriz energética do país

Autor: 23 de junho de 2021Brasil
Aurora Energia expande projeto de energia solar e gera novos empregos

A empresa mineira de geração de energia solar Aurora Energia acaba de conseguir mais 698 MW de outorga pela ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica). Diante desta expansão, a companhia alcançou a marca de mais de 8.000 MW em licenças ambientais aprovadas. 

Com a ampliação na cidade de Arinos, noroeste de Minas Gerais, estima-se que o investimento a longo prazo na região ultrapasse R$ 35 bilhões. 

Além de trazer novos postos de trabalho, somente nos municípios de Arinos, Jaíba e Matias Cardoso serão gerados mais 700 empregos diretos e pelo menos 5 mil indiretos.

A região norte do estado é propensa para a geração de energia solar por ter níveis de insolação próximos aos das melhores regiões do planeta. 

Ademais, o estado mineiro conta com um grande mercado consumidor devido à presença de empresas que demandam elevada quantidade de energia, como no setor extrativista, automotivo, siderúrgico, petroquímico, petrolífero, pecuário, agrícola e entre outros.

“Juntos podemos nos aproximar de um futuro energético mais limpo e ajudar Minas Gerais no compromisso de alcançar o Race to Zero em 2050, contribuindo para um planeta ecologicamente mais sustentável”, explicou Fabricio Lopes, CEO da Aurora Energia.

Mariana Zilli

Mariana Zilli

Atuou no Projor (Instituto para o Desenvolvimento do Jornalismo) na mediação e no mapeamento de veículos de imprensa em funcionamento. Possui experiência como assessora de imprensa e produtora de conteúdo para redes sociais.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.