27 de maio de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 4.99GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 10,7W

Spin Estruturas firma parcerias e mira mercado de microgeração

Fabricante fecha contratos com grandes distribuidores de kits fotovoltaicos do mercado brasileiro

Autor: 23 de junho de 2021Brasil
Spin Estruturas firma parcerias e mira mercado de microgeração

A fabricante de estruturas fotovoltaicas Spin está apostando no mercado solar brasileiro. A empresa firmou parceria com as distribuidoras de kits fotovoltaicos Amara-e e Genyx.

Segundo Júlio Tavernaro, responsável pela área comercial da Spin, as parcerias firmadas têm como objetivo atender a demanda crescente do setor solar no país. 

Atualmente, a empresa produz estruturas voltadas para instalações de telhados, visando o mercado de microgeração, que atualmente representa cerca de 80% da GD solar no Brasil.

“Temos como propósito contribuir com inovações em produtos e otimizar o tempo de instaladores e distribuidores. A formatação dos kits é realizada de forma otimizada, o que contribui para que o instalador receba exatamente o que necessita sem que haja falta de componentes”, conta Tavernaro.

Ainda segundo o executivo, aproximadamente 60 a 70% do tempo para a formatação de um kit fotovoltaico é dedicado à separação das estruturas. “Pensando nisso, a Spin criou um processo que otimizou este tempo de formatação visando a qualidade e a agilidade na entrega para nossos parceiros”, conta o executivo.

Vitor Pedreira, gerente de Projetos Fotovoltaicos da Amara-e, enfatiza que a escolha da estrutura para a formatação de um kit fotovoltaico é essencial. “Apesar de possuírem menor peso em geradores fotovoltaicos, comparando seu custo com os módulos ou inversores, por exemplo, se não forem escolhidas adequadamente as estruturas fotovoltaicas podem causar grandes dificuldades, tanto na distribuição como na instalação”, explica Vitor Pedreira, gerente de Projetos Fotovoltaicos da Amara-e.

“A Spin, além de possuir uma das melhores soluções técnicas disponíveis no mercado nacional e garantir uma instalação segura e ágil, solucionou um grande gargalo para os distribuidores com seu método de expedição dos componentes, otimizando drasticamente o esforço operacional na separação e formação de geradores fotovoltaicos”, acrescenta Pedreira.

André Hipólito, diretor de Produtos da Genyx, ressalta que a parceria com a Spin visa a qualidade dos seus kits comercializados no mercado fotovoltaico, além de otimizar o tempo de entrega. “Esta é mais uma parceria de sucesso da Genyx. A Spin é especialista em estruturas, com modelos diferenciados em tecnologia, material e apresentação dos produtos”, afirma.

Ainda de acordo com o executivo, nesta quinta-feira (24), às 17h, as duas empresas apresentarão um webinário que contará como foi feita a parceria e explicará como é feita a formação dos kits comercializados pela Genyx. 

O evento terá a participação do Bruno Reis, diretor Comercial da Genyx, do Phillipe Boaventura, suporte técnico da Genyx e do Tavernaro. Clique aqui para fazer sua inscrição.

Além das novas parcerias, as estruturas fotovoltaicas da Spin já são distribuídas pela Ecori Energia Solar. “Acreditamos na solução de kits da Spin logo no início e os resultados foram se comprovando à medida que expedimos pedidos com estrutura deles”, destaca Leandro Martins, presidente da Ecori.

“A armazenagem, separação, conferência e despacho são 70% mais rápidas do que quando os componentes vêm separados. Reduzimos um processo interno moroso, isso reflete em custos logísticos e agilidade de atendimento”, conclui Martins.

Ericka Araújo

Ericka Araújo

Desde 2020, acompanha o mercado fotovoltaico. Possui experiência em produção de podcast, programas de entrevistas e elaboração de matérias jornalísticas. Em 2019, recebeu o Prêmio Jornalista Tropical 2019 pela SBMT (Sociedade Brasileira de Medicina Tropical) e o Prêmio FEAC de Jornalismo. Já atuou como repórter e apresentadora da Rádio Brasil Campinas. Formada pela PUC Campinas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.