Autoprodução impulsiona contratos de longo prazo no Mercado Livre em 2023

CELA aponta que energia renovável negociada no ambiente de contratação livre cresceu 63% no último ano no Brasil
Autoprodução impulsiona contratos de longo prazo no Mercado Livre em 2023
Vinte dos 23 contratos de longo prazo celebrados em 2023 foram no modelo de autoprodução. Foto: Greener/Reprodução

O volume de contratos de longo prazo de energia renovável no Mercado Livre de Energia em 2023 foi impulsionado pelos projetos de autoprodução no Brasil, segundo estudo divulgado pela consultoria CELA (Clean Energy Latin America).

Dos 23 contratos de longo prazo celebrados no último ano, 20 foram alocados no modelo de autoprodução de energia.

“Percebemos nos últimos dois anos uma maior aposta no Mercado Livre em projetos de autoprodução, modalidade que viabilizou praticamente todos os PPAs (Power Purchase Agreement) ao longo 2023, inclusive com avanço no modelo de negócios de arrendamento de usinas”, explica Camila Ramos, CEO da CELA.

De acordo com o estudo, que está em sua oitava edição, os PPAs celebrados no ano passado equivalem a 969 MW médios contratados – um crescimento de 63% em relação ao ano anterior, quando foram registrados 594 MW médios.

Este aumento é especialmente devido à entrada no estudo de três geradores importantes com dados de PPAs assinados em 2023, que não participaram da pesquisa da CELA em anos anteriores.

No ano passado, o volume financiado por instituições financeiras dos PPAs assinados foi de R$ 5,4 bilhões, de acordo com o relatório da CELA.

Já a quantidade de contratos teve uma leve queda: de 27 acordos em 2022 para os 23 citados no começo desta reportagem.

Desde a primeira edição do relatório da CELA, em 2013, foram mapeados 140 PPAs de energia eólica e solar de longo prazo no Mercado Livre de Energia, que representam uma capacidade instalada de 14,3 GW.

O acumulado desses contratos equivale a 4.147 MW médios, sendo 2.431 MW médios de energia solar e outros 1.717 MW médios de energia eólica.

O estudo da CELA traz também os PPAs assinados entre janeiro e dezembro de 2023, além de análises históricas coletadas nos últimos sete anos pela consultoria junto às empresas.

A proposta do estudo é trazer um panorama do segmento de PPAs de solar e eólica no ACL, com base em entrevistas com os participantes, e ainda traz análises mais detalhadas desses PPAs, incluindo preço, prazo, indexação, submercado, financiamento, entre outros.


Todo o conteúdo do Canal Solar é resguardado pela lei de direitos autorais, e fica expressamente proibida a reprodução parcial ou total deste site em qualquer meio. Caso tenha interesse em colaborar ou reutilizar parte do nosso material, solicitamos que entre em contato através do e-mail: [email protected].

Imagem de Henrique Hein
Henrique Hein
Atuou no Correio Popular e na Rádio Trianon. Possui experiência em produção de podcast, programas de rádio, entrevistas e elaboração de reportagens. Acompanha o setor solar desde 2020.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal