27 de maio de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 5.02GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 10,7W

BelEnergy e Deye firmam acordo de 1,2 GW para 2022

Parceria garante suprir a grande demanda de produtos esperada para esse ano

Autor: 17 de fevereiro de 2022Notícias
BelEnergy e Deye firmam acordo de 1,2 GW para 2022

Leonardo Tega (diretor Comercial da BelEnergy) e Thiago Gomes (diretor da Deye no Brasil). Foto: Divulgação

A BelEnergy firmou um acordo com a fabricante Deye. Segundo as empresas, esse compromisso tem como objetivo a comercialização e distribuição de inversores fotovoltaicos da marca para o mercado brasileiro.

Ao total, a BelEnergy irá adquirir 1,2 GW de inversores fotovoltaicos neste ano por meio da sua parceria com a fabricante Deye.

Segundo Bruno Felipe, gerente de Marketing da BelEnergy, “esse acordo confirma ainda mais a parceria com a gigante chinesa e reforça nossa posição estratégica como a empresa que mais cresce no segmento fotovoltaico no país, de acordo com o ranking Greener 2021 e dados da RFB”.

Felipe ainda ressalta que, atualmente, a BelEnergy já é a maior distribuidora da Deye na América Latina.

Além disso, o executivo aponta que esta movimentação consolida ainda mais a potência da marca BelEnergy no Brasil e a meta da empresa de trazer soluções completas para o setor solar no país. “Estamos sempre evoluindo tecnologicamente, trabalhando com uma maior eficiência e nos mantendo atualizados, para que possamos garantir aos clientes soluções com melhor custo benefício e segurança”, concluiu.

Marise Vieira

Marise Vieira

Jornalista formada pela Unis’Atanna (SP). Acompanha o setor elétrico brasileiro há mais de cinco anos. Atuou como assessora de imprensa na ABiogás, Itaipu e Enel. Faz especialização em Energia, Inovação e Sustentabilidade na Pontifícia Universidade Católica.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.