Bolsonaro anuncia projeto de bombeamento de água com energia solar

O presidente ainda citou algumas vantagens desse tipo de instalação, como menor evaporação de água do reservatório

O presidente Jair Bolsonaro anunciou em coletiva de imprensa que o governo irá utilizar energia solar fotovoltaica para projetos de bombeamento de água no nordeste brasileiro. O anúncio foi feito faltando um mês para a inauguração da usina solar flutuante no reservatório de Sobradinho.

O governo planeja economizar 300 milhões de reais anuais com o custo de energia necessária para o bombeamento de água vinda do rio São Francisco.

“Com os painéis fotovoltaicos o gasto será zero, não teremos o custo convencional de energia e ainda injetaremos a energia excedente na rede” disse o presidente.

O presidente ainda citou algumas vantagens desse tipo de instalação, como menor evaporação de água do reservatório. “Este é um projeto bem inteligente … e muito bem vindo” – ele adicionou.

O projeto da usina solar flutuante no reservatório de Sobradinho contará inicialmente com 1MWp de potência, com planos de expansão para mais 4MWp.

Figura 1. Primeira etapa da usina solar flutuante sobre o reservatório de Sobradinho.  Nesta etapa foram instalados 1MW de módulos.

Imagem de Redação do Canal Solar
Redação do Canal Solar
Texto produzido pelos jornalistas do Canal Solar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal