20 de setembro de 2021
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 3,83GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 6,90GW

Carrinho

Brasil é o 8º país que mais gerou empregos no setor solar em 2019

Mais de 43 mil empregos criados pelo setor solar fotovoltaico brasileiro em 2019

Autor: 6 de outubro de 2020outubro 28th, 2020Brasil
Brasil é o 8º país que mais gerou empregos no setor solar em 2019

Pela primeira vez na história, o Brasil está entre os 10 países que mais geraram empregos no mundo dentro do mercado de energia solar fotovoltaica no ano de 2019. Os dados são do relatório recente da IRENA (Agência Internacional de Energia Renovável), que indicou que o país alcançou a 8ª posição do ranking.

A marca histórica, de mais de 43 mil empregos criados pelo setor solar fotovoltaico brasileiro em 2019, ainda permitiu que o Brasil ficasse na frente de líderes do setor, como a Alemanha e o Reino Unido.

A pesquisa destacou também que o mercado de energia renovável gerou 11,5 milhões empregos no mundo em 2019 com presença da indústria solar fotovoltaica em 3,8 milhões dos postos de trabalho, representando um terço do total.

Já de acordo com levantamento da ABSOLAR, (Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica) baseado em dados mais abrangentes, a contratação total do setor em 2019 atingiu a marca de 60 mil trabalhadores no Brasil.

Márcio Takata, CEO da Greener, acredita que essa marca história faz todo o sentido para o país. “Nos últimos anos, a energia solar, sobretudo a geração distribuída, acelerou de uma forma importante. A GD (geração distribuída) é um setor com mão de obra intensiva e, por isso, tem um volume muito importante de vagas e oportunidades de emprego por capacidade instalada”, finalizou.

Acompanhamento a avaliação de Takata, Rodrigo Sauaia, CEO da ABSOLAR, enfatizou o potencial da fonte fotovoltaica na economia brasileira. “A energia solar fotovoltaica terá função cada vez mais estratégica para o atingimento das metas de desenvolvimento socioeconômico e sustentável do Brasil e dos demais países. Irá ajudar fortemente na recuperação da economia após a pandemia, sendo a fonte renovável que mais gera empregos no planeta”.

No quesito representatividade, o setor de fontes renováveis também é o mais inclusivo, já que 32% dos postos de trabalho são ocupados por mulheres, enquanto no ramo de combustíveis fósseis, este número cai para 21%.

 

Vitória Gomes

Vitória Gomes

Jornalista com experiência em reportagens diárias e edição de áudio. Graduanda em Comunicação Social na PUC-Campinas.

Comentar