2 de agosto de 2021

Carrinho

Cidade busca empresas para implantação de sistema fotovoltaico

Empresas interessadas devem enviar suas propostas até sexta-feira (23)

Autor: 20 de julho de 2021Brasil
Cidade busca empresas para implantação de sistema fotovoltaico

Está aberta a licitação para instalação de um sistema fotovoltaico na cidade de Maravilha (SC). Empresas interessadas em participar da disputa no modelo de tomada de preços têm até dia 23 de julho para enviar suas propostas.

O valor máximo do investimento é de R$ 66.764,12 e o investimento será destinado para a implantação de sistema de energia solar fotovoltaica no prédio da Secretaria Municipal de Agricultura. 

Atualmente, a cidade conta 1,6 MW em potência instalada da fonte solar, 107 sistemas fotovoltaicos instalados e 172 UCs (Unidades Consumidoras) recebendo créditos, segundo dados da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica).

O prefeito Sandro Donati comenta que a adoção de meios alternativos e sustentáveis de energia foi um compromisso assumido na Agenda de Desenvolvimento de Maravilha e o primeiro projeto servirá como base para futuras instalações em outros locais. 

“É pensando no futuro e numa cidade sustentável que estamos dando esse primeiro passo. A energia solar já é bastante utilizada em diversos setores da iniciativa privada, em propriedades rurais e temos que acompanhar essa tecnologia e implantar pensando em economia e sustentabilidade”, declara.

O secretário de Agricultura, Pedro Gilberto Ioris, destaca que o projeto prevê a instalação de painéis solares no telhado da estrutura do edifício para gerar a energia necessária para o prédio. A estimativa é que em 48 meses o empreendimento já tenha gerado a economia do valor investido.

Seguindo o projeto aprovado pela Comissão de Economia, Ciência, Tecnologia, Minas e Energia da Assembleia Legislativa que prevê a obrigatoriedade de instalação de sistema de captação solar em novos prédios públicos do Estado de Santa Catarina, a implantação do sistema de energia solar fotovoltaica em Maravilha tem como objetivo dar mais sustentabilidade e economia, além de diminuir custos.

Mariana Zilli

Mariana Zilli

Atuou no Projor (Instituto para o Desenvolvimento do Jornalismo) na mediação e no mapeamento de veículos de imprensa em funcionamento. Possui experiência como assessora de imprensa e produtora de conteúdo para redes sociais.

Um comentário

Comentar