27 de maio de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 5.02GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 10,7W

Cinema movido a energia solar e banco de baterias chega ao interior de SP 

Sistema fotovoltaico conta com seis baterias que garantem 20 horas de autonomia para exibição dos filmes 

Autor: 4 de março de 2022março 28th, 2022Brasil
Cinema movido a energia solar e banco de baterias chega ao interior de SP 

CineSolar traz proposta de cinema sustentável. Foto: CineSolar/Divulgação

A magia do cinema movido por energia solar aos poucos começa a se tornar uma realidade no Brasil.

Neste sábado (5), o município de Monte Alegre do Sul (SP) receberá duas sessões do projeto CineSolar, o primeiro cinema itinerante do país movido a energia limpa.

O evento conta com entrada gratuita e está marcado para acontecer às 19h, na Praça Bom Jesus, com a exibição dos filmes “O Lobisomem de Pedra de Fogo” e “Mogli: O Menino Lobo”. 

Devido às restrições impostas pela pandemia, as sessões seguirão todos os protocolos de segurança contra a Covid-19, com a disponibilização de álcool em gel, distanciamento entre as cadeiras e a obrigatoriedade do uso de máscaras. 

Ao todo, o sistema fotovoltaico utilizado para exibição dos filmes conta com 6 painéis solares da Canadian Solar, de 230 W, além de 2 controladores de carga e um inversor de 12 V da Xantrex. 

O equipamento também possui 6 baterias, de 240 Ah que armazenam até 20 kWh, ou seja, 20 horas de autonomia para o sistema (projetor e amplificador), que tem potência média de 1 kW. 

CineSolar

Lançado em 2013, o CineSolar é um projeto itinerante que promove arte e sustentabilidade, levando o cinema para comunidades afastadas e com acesso restrito à cultura.

Ao todo, o projeto já realizou cerca de mil sessões, com exibição de mais de 150 filmes, entre longas-metragens e curtas, em 440 cidades do país, percorrendo mais de 200 mil km e chegando a 185 mil pessoas. 

Além disso, também já foram ministradas pelo projeto mais de 300 oficinemas, que proporcionam acesso às técnicas básicas e aos elementos que compõem a linguagem cinematográfica. 

O projeto é viabilizado pela Lei Federal de Incentivo à Cultura e conta com patrocínio de grandes entidades, como a CPFL Energia. O projeto foi desenvolvido totalmente em parceria com a Sices Solar, o que não gerou custos ao CineSolar.

Sistema FV conta com 6 painéis solares da Canadian Solar, de 230 W. Foto: Cinesolar/Divulgação

Henrique Hein

Henrique Hein

Atuou como repórter no jornal Correio Popular e na Rádio Trianon. Possui experiência em produção de podcast, programas de rádio, entrevistas e elaboração de matérias jornalísticas. Acompanha o setor de energia solar fotovoltaica, cobrindo as editorias de Mercado e Tendências; Negócios e Empresas; Cases e Bastidores da Política.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.