22 de janeiro de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 4.63GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 8,80GW

Como tornar o processo de garantia um diferencial de mercado?

Olhar amplo, equipe técnica local e atendimento são alguns dos fatores que elevam uma empresa a outro patamar de serviços

Autor: 5 de julho de 2021dezembro 28th, 2021Opinião
Como tornar o processo de garantia um diferencial de mercado?

Processo de garantia deve ser pensado considerando a atuação de diversas variantes que fazem com que o resultado seja de excelência para o cliente

Quando pensamos no processo de garantia de um produto, logo nos vem à mente o período que temos para troca ou reparo depois de uma compra, caso haja algum problema ou defeito. 

Mas se engana quem acredita que o processo de garantia é apenas isso. Independentemente do setor de atuação, esse processo é mais amplo e engloba outros fatores que balizam a relação entre empresa e cliente. Como, então, tornar a garantia um diferencial?

Trazendo essa discussão para o nosso mercado de energia solar fotovoltaica, o processo de garantia deve ser pensado com uma lente de aumento, considerando a atuação de diversas variantes que juntas fazem com que o resultado seja de excelência para o cliente. 

Partindo da minha experiência no segmento, posso dizer com clareza que essa combinação de ações reflete sim no trabalho desenvolvido e nos coloca em outro patamar na relação empresa-cliente. Mas como isso é possível?

Acredito que por estarmos desde o começo engajados com nossos parceiros para formatar as soluções de energia solar fotovoltaica para o mercado brasileiro, participamos ativamente de todo o processo de “tropicalização” dos produtos e nos colocamos como a equipe técnica local, levando aos clientes a tranquilidade de terem suporte no Brasil, com técnicos altamente qualificados, falando português, com um tempo de resposta bastante rápido e com menor burocracia.

Posso dizer que essa forma está no DNA da Ecori Energia Solar e nos coloca como provedora de soluções de ponta a ponta, o que nos diferencia de uma parte considerável do mercado de distribuição de equipamentos fotovoltaicos. 

Leia também: Boas práticas de negócios para o mercado fotovoltaico

Ao priorizarem a venda dos equipamentos (box movers), muitos distribuidores deixam de oferecer o atendimento às revendas em momentos de pós-vendas com necessidade de intervenção técnica.

Todas as etapas que cumprimos fazem parte de um escopo bastante amplo que temos sob nossa responsabilidade, que se inicia com o desenvolvimento dos fornecedores e o ajuste das soluções para a realidade nacional, passa por todo o processo de importação, internalização, precificação e venda, e continua com o apoio técnico para treinamentos, acompanhamento e suporte ao mercado, nos colocando como uma opção bastante sólida e diferenciada em um mercado de relacionamento e recorrência. Assim, todo o processo de garantia passa a ser um diferencial.

Para finalizar, ressalto aqui a importância de cada vez mais termos um olhar para o todo e não simplesmente apenas uma visão de venda que se conclui e ponto. Afinal, esse olhar ampliado é que nos leva mais longe e nos faz chegar a uma posição privilegiada do mercado – que não é comum a todos.

ecori-retangular
Rodrigo Matias

Rodrigo Matias

Diretor Comercial na Ecori Energia Solar. Especialista em vendas de soluções MLPE, iniciou em 2015 sua trajetória no mercado GD como integrador e instalador. Formado em Engenharia Elétrica com ênfase em Telecomunicações pelo Centro Universitário Salesiano - UNISAL e Técnico em Eletrotécnica pelo Centro Paula Souza, acumula experiências internacionais nos mercados europeus (Itália) e asiático (China), além de uma passagem pela maior distribuidora de energia elétrica do país como gestor de pós vendas e sucesso do cliente.

Um comentário

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.