29 de fevereiro de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,9GW

DAS Solar constrói 10 bases de fabricação de células e módulos em 5 anos

Empresa, que está expandindo sua atuação pelo mundo, visa atingir, até final de 2023, 30 GW de capacidade de produção

Autor: 30 de novembro de 2023fevereiro 13th, 2024Mercado
9 minutos de leitura
DAS Solar constrói 10 bases de fabricação de células e módulos em 5 anos

Base da DAS Solar em Weining. Imagem: DAS Solar/Divulgação

A DAS Solar anunciou que, em um intervalo de cinco anos, mais de 10 bases de fabricação foram construídas pela empresa. Em 8 de outubro, por exemplo, um novo empreendimento, localizado em Dalad Banner, na Mongólia Interior, foi oficialmente colocado em operação.

O projeto planeja construir uma linha de produção de painéis TOPCon N-Type de alta eficiência de 5,5 GW e instalações de apoio, com um investimento total de 1 bilhão de yuans.

Enquanto isso, em 22 de setembro, outra base de fabricação de módulos da empresa em Beihai, na China, foi colocada em operação. Esse projeto é o primeiro iniciado pela DAS na cidade, com uma capacidade de fase I de 4 GW. No futuro, a companhia planeja continuar a construir a fase II, visando a uma capacidade total de painéis de 10 GW.

De acordo com a fabricante, as capacidades planejadas de células e módulos atingirão 30 GW até o final de 2023. Atualmente, ocupam o nono lugar no ranking global de remessas de painéis e o segundo lugar em remessas de módulos N-Type.

Manufatura descentralizada

As bases da empresa estão espalhadas pelo leste, norte, sul, noroeste e sudoeste da China. “Em comparação, outros fabricantes que ocupam do sexto ao décimo lugar em remessas de módulos possuem, em sua maioria, menos de 10 bases de fabricação. A maior parte delas agrupada na região leste da China, onde o custo de fabricação é muito mais alto”, apontaram.

“Uma cadeia de suprimentos fotovoltaica diversificada e espalhada aumentará muito a capacidade da companhia de mitigar riscos e também é vista como uma tendência de desenvolvimento futuro. Além disso, as bases de fabricação descentralizadas têm várias vantagens”, destacou Eduard Krummenauer, Country Manager da DAS Solar no Brasil.

Segue, abaixo, as vantagens listadas por ele.

A) Bases próximas ao upstream determinam a redução dos custos logísticos da lista técnica

“A distância entre a nossa base de Zhangzhou e o seu upstream não excederá 200 quilômetros”, disse um gerente da base de Zhangzhou. “Preferimos estar mais próximos dos fornecedores de materiais, o que ajuda a reduzir os custos de transporte e armazenamento e os custos gerais de fabricação. A redução de custos sempre foi um ponto central na fabricação de módulos”, enfatizou o executivo.

Base da DAS Solar em Zhangzhou. Imagem: DAS Solar/Divulgação

Base da DAS Solar em Zhangzhou. Imagem: DAS Solar/Divulgação

A base de Zhangzhou é a primeira de produção da DAS Solar estabelecida na província de Fujian e a única de produção fotovoltaica no sudeste de Fujian. O empreendimento tem um investimento total de 7,9 bilhões de yuans e foi projetado para produzir 7 GW em módulos e 10 GW em células com tecnologia TOPCon N-Type. Os produtos estão sendo exportados para mais de 60 países, gerando um valor de produção anual de 24 bilhões de yuans.

B) Bases nos principais centros de transporte com o objetivo de reduzir os custos de transporte dos módulos

A base da DAS Solar em Zhangzhou fica a apenas alguns quilômetros do Porto de Zhangzhou. Por meio desse porto, os painéis solares produzidos em Zhangzhou podem ser convenientemente exportados para o Sudeste Asiático e outras regiões.

A já mencionada base de Beihai da DAS Solar tem situação semelhante. Os módulos fabricados em Beihai estão sendo enviados a granel para locais de projetos em Guangxi e províncias próximas.

Devido à curta distância de Guangdong, Hong Kong e Macau, Beihai serviu como uma cidade de conexão essencial na iniciativa “Belt and Road” e no corredor marítimo-terrestre do oeste da China. Sua localização estratégica oferece transporte conveniente para o sul e o sudoeste da China e para exportação para o exterior.

C) Base de fabricação adaptada localmente

Com a intensificação da concorrência no setor de energia, o aumento de escala se tornou essencial para as empresas. Muitos profissionais apontaram que, embora a escala seja vital, o foco também deve ser a eficiência, especialmente a utilização local de energia fotovoltaica.

De acordo com Krummenauer, essa é uma das principais vantagens da “fabricação descentralizada”. Tomando Zhangzhou como exemplo, situada ao longo da costa sudeste da China, a exposição prolongada à luz do sol a torna um recurso rico em energia solar e oferece condições favoráveis para o uso local de módulos.

Um projeto fotovoltaico centralizado no condado de Yunxiao, Zhangzhou, que usa painéis fornecidos pela base da DAS Solar em Zhangzhou, foi recentemente conectado à rede. Esse projeto também é o primeiro centralizado a ser concluído na província de Fujian.

“O módulo de vidro duplo bifacial de alta eficiência fornecido pela base da DAS Solar em Zhangzhou, com design simétrico, não apenas reduz efetivamente a permeabilidade à umidade, mas também maximiza a capacidade de geração de energia de ambos os lados dos painéis”, explicou.

Conforme o Country Manager, esse design é particularmente adequado para as condições úmidas e quentes acima das superfícies de água, garantindo maior retorno de geração de energia para o projeto.

“A qualidade dos produtos da DAS Solar não foi comprometida, apesar de seu layout de fabricação descentralizado. A sede do grupo desempenha um papel como um centro de qualidade, implementando padrões consistentes em todas as bases. A DAS Solar também conta com a ajuda de tecnologias inteligentes, monitorando o processo de fabricação e empregando 100% de detecção automática de IA (Inteligência Artificial) em posições críticas”, ressaltou.

Como resultado, no mês passado, a DAS Solar recebeu prêmios como “Empresa líder nacional de qualidade no setor fotovoltaico”; “Marca líder nacional de qualidade no setor fotovoltaico”; “Produtos qualificados nacionais estáveis em inspeção de qualidade”; e “Empresa de referência nacional de integridade de qualidade” da CAQI (Associação Chinesa de Inspeção de Qualidade).

Formação de sinergia estratégica com o desenvolvimento econômico local

Os locais escolhidos para as principais bases de fabricação da DAS estão estreitamente alinhados com o planejamento estratégico industrial e o desenvolvimento econômico local. Casos de conquistas mútuas entre os governos locais e as principais empresas são exemplificados pela Nio (uma importante empresa de veículos elétricos) e Hefei, província de Anhui.

“Hefei tem desempenhado um papel crucial no desenvolvimento da Nio, a nova potência automobilística, como patrocinadora. Vice-versa, a Nio também desempenha um papel de liderança na agregação local da cadeia do setor de veículos, enquanto Hefei está buscando setores promissores durante sua modernização industrial”, afirmou Eduard Krummenauer.

O condado de Weining, onde está localizada a base da DAS Solar, já foi reconhecido nacionalmente como um condado profundamente pobre, e pertence à zona experimental de Bijie, em Guizhou.

“Estabelecida em 1988, essa zona experimental foi criada pelo Conselho de Estado para o desenvolvimento, redução da pobreza e a construção ecológica. Nas últimas três décadas, mais de 300 mil pessoas saíram da pobreza”, disse.

Nos últimos anos, empresas como a DAS Solar fizeram contribuições para o desenvolvimento da área. Em janeiro deste ano, a fase I da fábrica de módulos em Weining iniciou a produção experimental. Com um investimento total de 310 milhões de yuans, o projeto gerou até 400 empregos locais.

Em agosto deste ano, a fase II da base de Weining começou a ser construída. No dia da cerimônia de lançamento da pedra fundamental, o governo local e a DAS assinaram um acordo de cooperação para construir uma “Base de produção e treinamento de talentos do setor de energia”, com o objetivo de transformar Weining em um centro de treinamento de talentos para o mercado.

O acordo propõe que as escolas locais, como a Guizhou Industrial and Trade Vocational College e a Weining Secondary Vocational School, estabeleçam cursos relevantes para fornecer 3 mil trabalhadores qualificados para a DAS Solar, a fim de alcançar um desenvolvimento de alta qualidade da educação vocacional local e dos setores relacionados.

Em segundo lugar, além de reunir talentos, a DAS Solar também diversificou seu layout em torno da fabricação de painéis fotovoltaicos para levar a cadeia do setor local a montante e a jusante a um desenvolvimento sinérgico.

Um gerente da já mencionada base de Zhangzhou compartilhou com a China Energy Network que a base da DAS Solar em Zhangzhou formou parcerias estreitas com empresas locais.

Na base de Weining, a DAS Solar se estabeleceu no Changtong Weining New Energy Industrial Park, onde propôs um plano para construir uma base de “cadeia industrial completa” que incorpora a fabricação de módulos, armazenamento de energia, inversores e cabos.

Um representante do parque industrial observou: “Continuaremos a atrair mais empresas para se estabelecerem e, em seguida, estabeleceremos a Aliança Industrial de Energia Nova de Weining, que estimulará efetivamente o desenvolvimento da logística local, ajudando na transformação do condado em uma potência industrial e revitalizando a economia rural”.

“As iniciativas de ‘fábrica inteligente’ e ‘fábrica zero carbono’ da DAS Solar também alcançaram sucessos notáveis. Entende-se que a base da DAS Solar em Taizhou foi reconhecida como um ‘Workshop de Demonstração de Manufatura Inteligente da Província de Jiangsu’, enquanto a base de Quzhou foi listada como uma ‘Fábrica do Futuro’ na província de Zhejiang”, concluiu o especialista.

Mateus Badra

Mateus Badra

Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como produtor, repórter e apresentador na TV Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020. Atualmente, é Analista de Comunicação Sênior do Canal Solar e possui experiência na cobertura de eventos internacionais.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.