27 de maio de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 5.02GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 10,7W

Dia do campo: 13,7% da GD solar está concentrada no meio rural

Os estados que mais se destacam são Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Mato Grosso

Autor: 10 de maio de 2022Indicadores
Dia do campo: 13,7% da GD solar está concentrada no meio rural

Atualmente, as propriedades rurais somam 1,44 GW de potencia instalada em GD solar. Foto: Envato Elements

Com colaboração da jornalista Ericka Araújo

Celebra-se hoje em todo o Brasil o Dia do Campo, uma data que busca promover a conscientização da sociedade sobre a importância do meio rural para a economia nacional e homenagear aqueles que trabalham direta ou indiretamente com atividades relacionadas ao setor. 

Por esse motivo, o Canal Solar traz abaixo um levantamento sobre como a fonte fotovoltaica está cada vez mais presente nas propriedades rurais de todo o país, ocupando, inclusive, a terceira posição no ranking de potência instalada em GD (geração distribuída) de energia solar.

Dados da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) apontam que a classe de consumo é responsável hoje por cerca de 13,7% de toda potência instalada no Brasil, com mais de 75,8 mil sistemas fotovoltaicos instalados e cerca de 109,1 mil UCs (Unidades Consumidoras) recebendo créditos.

Atualmente, essas propriedades somam pouco mais de 1,44 GW, ficando atrás somente da potência instalada por meio de sistemas residenciais e estabelecimentos comerciais, que contam hoje com 4,8 GW e 3,37 GW, respectivamente. 

Só entre janeiro e abril deste ano, 12.837 sistemas fotovoltaicos foram instalados em propriedades rurais brasileiras, incrementando 208.221,67 kW de potência instalada. 

Em abril de 2021, o segmento contabilizava aproximadamente 819 MW de potência instalada, ou seja, até abril deste ano a classe rural aumentou mais de 75%. 

No momento, segundo os dados da ANEEL, os estados que mais se destacam são: Minas Gerais, com 393.571 kW; Rio Grande do Sul, com 211.446 kW; e Mato Grosso, com 153.521 kW.

“O cliente do campo entendeu que a energia elétrica é um insumo que impacta diretamente na lucratividade da sua propriedade. Assim, gerando sua própria energia todos terão uma economia no gasto deste insumo”, explica Rafael Carlos Araújo, gestor comercial da Impulsar Energias

Para atender o segmento, Araújo participou de três cursos do Canal Solar: Regulação, Mercado e Modelos de Negócios em Energia Solar, Projetos de Energia Solar com Armazenamento em Baterias e Curso Avançado de Projeto de Usinas Solares de Geração Distribuída até 5 MW.

Juros e linhas de crédito 

Cada vez mais, a energia solar vem recebendo novas linhas de financiamento junto a programas do Governo Federal e bancos, com taxas de juros atrativas e prazos de pagamento diferenciados. 

“Além das atrativas de credito rural, temos as cooperativas de alimentos incentivando novos produtores de aves, peixes e suínos. Tudo isso faz com que a energia solar no campo se torne um dos melhores mercado”, destaca Dennis Cavizioli, diretor de operações da Solsten Energia Solar.

O executivo, que realizou o Curso de Aterramento e SPDA – ênfase em Usinas Fotovoltaicas, acrescenta também que não há mais dúvidas de que a fonte fotovoltaica no campo é hoje um dos maiores potenciais do mercado.

“Com a crescente alta das tarifas de energia elétrica, muitos produtores seguem buscando a energia fotovoltaica para reduzir o valor da fatura, melhorando assim os resultados financeiros, além da questão ambiental que acabam contribuindo com o meio ambiente gerando a própria energia”, afirma ele. 

Rural GD solar

  • Número de sistemas: 75.881
  • Sistemas recebendo créditos: 109.114
  • Potência instalada: 1,44 GW

Total GD solar

  • Número de sistemas: 984.852
  • Sistemas recebendo créditos: 1.243.709
  • Potência instalada: 10,51 GW
Henrique Hein

Henrique Hein

Atuou como repórter no jornal Correio Popular e na Rádio Trianon. Possui experiência em produção de podcast, programas de rádio, entrevistas e elaboração de matérias jornalísticas. Acompanha o setor de energia solar fotovoltaica, cobrindo as editorias de Mercado e Tendências; Negócios e Empresas; Cases e Bastidores da Política.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.