26 de fevereiro de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,8GW

Enel Green Power firma acordo para explorar H2V na América Latina

Parceria com Fortescue Future Industries pretende tornar o hidrogênio verde competitivo em termos de custos

Autor: 4 de novembro de 2022Parcerias
3 minutos de leitura
Enel Green Power firma acordo para explorar H2V na América Latina

H2V pode desempenhar um papel estratégico na descarbonização dos sistemas de energia. Foto: Freepik

A FFI (Fortescue Future Industries), desenvolvedora australiana de energia verde renovável, e a Enel Green Power anunciaram, nesta sexta-feira (04), que farão parceria para explorar o co-desenvolvimento da cadeia de valor do H2V (hidrogênio verde), com foco inicial na América Latina e Austrália.

Ambas compartilham uma visão comum sobre o papel fundamental do H2V para descarbonizar setores de difícil redução, como fertilizantes, outros produtos químicos, fabricação de aço, transporte e aviação, onde o hidrogênio é usado como matéria-prima ou para gerar calor de alta temperatura, e onde a redução das emissões de CO2 com eletrificação não é possível ou é mais complexa.

De acordo com as empresas, a colaboração pretende tornar o hidrogênio verde competitivo em termos de custos em relação a alternativas baseadas em combustíveis fósseis durante esta década.

“Acreditamos firmemente que em um futuro próximo o H2V pode desempenhar um papel estratégico na descarbonização dos sistemas globais de energia, complementando a eletrificação direta”, disse Salvatore Bernabei, CEO da Enel Green Power.

“Essa colaboração com um parceiro como a FFI se encaixa totalmente na estratégia de hidrogênio da Enel para reduzir o custo de produção de hidrogênio verde, por meio da ampliação da tecnologia e de soluções inovadoras”, ressaltou.

Para Mark Hutchinson, CEO da Fortescue Future Industries, este anúncio chega em um momento crítico em energia. “À medida que o inverno se aproxima e os custos de energia continuam a disparar, os custos competitivos de energia verde nunca foram tão necessários”.

“O hidrogênio verde e a amônia verde são parte da solução não apenas para a segurança energética e custos de energia mais baixos, mas também para combater as mudanças climáticas. Com um forte histórico comprovado e dedicação em energia limpa, a Enel é o parceiro perfeito para trabalhar para tornar realidade um futuro renovável”, enfatizou.

O anúncio desta parceria apoiará a FFI e a Enel em seus objetivos de não apenas diversificar o fornecimento futuro de energia e aumentar a segurança energética, mas também ajudar o mundo em sua luta para reduzir as emissões e combater as mudanças climáticas.

Tal acordo, segundo as companhias, pretende estabelecer uma estrutura para FFI e Enel Green Power identificarem e avaliarem possíveis projetos de hidrogênio verde/amônia.

Mateus Badra

Mateus Badra

Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como produtor, repórter e apresentador na TV Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020. Atualmente, é Analista de Comunicação Sênior do Canal Solar e possui experiência na cobertura de eventos internacionais.