Energia solar auxilia na economia de pequenos agricultores rurais

A energia solar é responsável por beneficiar diversas atividades, tanto nas cidades quanto em regiões rurais remotas do país. Além de reduzir custos na produção agrícola e cultivo da pecuária, a fonte fotovoltaica é uma forma limpa e sustentável de gerar energia sem agredir o meio ambiente.

Estes atributos motivam empresários, consumidores e agricultores aderirem à energia solar. Amaray da Silva, morador de Lucas do Rio Verde (MT) e proprietário da Chácara Três Irmãs destaca que a economia obtida é o grande atrativo.

“Nossa conta de luz estava vindo muito alta, especialmente nas épocas em que precisava irrigar a plantação. Ouvi falar sobre as vantagens, que poderia ter no meu negócio mesmo ele sendo pequeno e quis saber mais. Participei de uma reunião na cidade e no mesmo dia solicite uma proposta”, relatou Silva.

O pequeno agricultor solicitou um orçamento à empresa Vento Minuano Energias Renováveis, credenciada à Renovigi no Mato Grosso e o projeto foi financiado por meio do Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar), do Governo Federal.

Desde 2016, a Chácara Três Irmãs produz ao mês aproximadamente 4 mil quilos de alimentos. O cultivo abrange verduras e hortaliças, limão, maracujá, pimenta de cheiro, jiló e pimentão verde nos quatro hectares de terra da família.

A distribuição é parcelada e contempla vendedores ambulantes, supermercados, Cooperativa Cooperriso e escolas cadastradas no Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) que recebem produtos da agricultura familiar.

Vagner Marcos Rhoden, proprietário da Vento Minuano, informou que foram instalados 40 módulos Risen de 320 W, com estruturas de fixação fabricadas pela própria empresa, além de dois inversores Renovigi de 5 kW.

“O investimento inicial por parte do cliente foi de R$ 60 mil e a geração mensal é de 1.600 kWh, com uma economia de R$ 1,1 mil. O valor da conta de energia, que antes chegava em torno de R$ 1,3 mil, diminuiu para a taxa mínima de R$ 60”, explicou Rhoden.

Para Silva, o investimento é bom e viável. “Além da economia na conta de luz, consigo pagar o financiamento que ainda me possibilita um ano de carência. Estou há dois com o sistema e muito satisfeito, já dei bastante conselho para as pessoas”, finalizou Silva.

Projetos em Lucas do Rio Verde

O município localizado no interior do Mato Grosso, com cerca de 67.620 habitantes, conta com 777 projetos de energia renovável, responsáveis por gerar um total de 14.645,68 kW.

Imagem de Redação do Canal Solar
Redação do Canal Solar
Texto produzido pelos jornalistas do Canal Solar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal