4 de março de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,9GW

Energia solar é a fonte com maior previsão de crescimento no SIN

Capacidade instalada de GC solar deverá duplicar até dezembro de 2027, superando os 16 GW de potência

Autor: 5 de abril de 2023julho 3rd, 2023Brasil
2 minutos de leitura
Energia solar é a fonte com maior previsão de crescimento no SIN

GC solar deve superar 16 GW de capacidade instalada até dezembro de 2027. Foto: Divulgação/Enel 

Projeções divulgadas pelo ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico) revelam que a capacidade instalada de energia solar a partir das usinas de GC (geração centralizada) deverá duplicar de tamanho até dezembro de 2027, saltando de 8,07 GW para mais de 16,4 GW.

O acréscimo previsto de mais de 8 GW na matriz elétrica nacional é o maior entre todas as fontes, superando, por exemplo, o volume que deverá ser gerado pelas plantas hídricas, de biomassa e eólicas – que, nos próximos anos, deverão acrescentar 0,8 GW, 1,4 GW e 6,9 GW ao SIN (Sistema Interligado Nacional), respectivamente.

Segundo o ONS, a tendência é que, com esses números, a fonte solar ocupe uma participação ainda maior na matriz elétrica nacional, podendo corresponder a 7,9% do total de capacidade instalada no país. Atualmente, esse percentual é de 4,4%.

O estudo do operador nacional aponta ainda para um declínio, cada vez maior, da geração de energia proveniente de fontes poluentes no Brasil.

As usinas nucleares e movidas a carvão, por exemplo, devem permanecer exatamente como estão, sem registrar qualquer incremento de potência junto ao SIN até dezembro de 2027, conforme ilustra a imagem abaixo: 

EVOLUÇÃO DA CAPACIDADE INSTALADA NO SIN: ABRIL 2023 / DEZEMBRO 2027

Foto: Divulgação/ONS

Henrique Hein

Henrique Hein

Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como repórter do Jornal Correio Popular e da Rádio Trianon. Acompanha o setor elétrico brasileiro pelo Canal Solar desde fevereiro de 2021, possuindo experiência na mediação de lives e na produção de reportagens e conteúdos audiovisuais.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.