29 de fevereiro de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,9GW

Energia Solar: perspectivas para 2024

Neste ano, o mercado precisará ficar atento a várias tendências importantes no setor

Autor: 26 de janeiro de 2024Brasil
4 minutos de leitura
Energia Solar: perspectivas para 2024

Foto: Freepik

A energia solarnão é mais uma tecnologia de energia renovável em expansão, e sim, um ‘pontapé’ para a transição energética no mundo, segundo o relatório realizado pela Wood Mackenzie.

Em 2023, a energia solar chegou a 1,5 TW instalados mundialmente e outros 3 TW de capacidade estão previstos para os próximos dez anos.

Neste ano, o mercado precisará ficar atento a várias tendências importantes no setor, como a desaceleração no crescimento em vários mercados importantes e os desafios para a indústria solar.

Em 2024, a energia solar evoluirá de um setor em rápido desenvolvimento para uma indústria consolidada, marcando uma transição para um crescimento mais moderado.

Segundo a análise, se a capacidade total da solar no mundo se multiplicar pelos próximos dez anos, por ano, o crescimento começará a abrandar em 2024.

O crescimento médio anual de 2019 a 2023 foi de 28%, incluindo um crescimento de 56% em 2023. Com essa análise, o instituto afirma que de 2024 a 2028 o crescimento médio anual será estável, incluindo alguns anos com reduções.

“O mercado solar global está seguindo uma curva S típica. Nos últimos anos, o crescimento subiu rapidamente até aos níveis mais acentuados da curva”, afirmou a Wood Mackenzie.

“O mercado solar global ainda é maior do que era há alguns anos, mas é natural para o crescimento de uma indústria desacelera à medida que amadurece”, acrescentou.

Instalação anual de energia solar fotovoltaica por região

Gráfico:  Wood Mackenzie/reprodução

 

A China lidera a posição de instalações de energia solar fotovoltaica. As instalações anuais multiplicaram-se quase seis vezes desde 2019, e com um grande mercado (com quase 200 GW previsto em 2023 pela instituição) tem um grande impacto no crescimento global.

Na segunda posição, segue a Europa, que registrou um aumento no crescimento solar após a recente crise energética. Segundo o relatório, os últimos dois anos têm sido fortes, com um crescimento anual de instalações de 38% em 2022 e 26% em 2023.

Já as regiões da África e do Médio Oriente se mantiveram no mesmo lugar ao longo da curva S. A Wood Mackenzie afirma que ainda há um longo caminho a percorrer antes das regiões atingirem os seus pontos de desvios no crescimento.

“O crescimento da energia solar distribuída irá abrandar, uma vez que os subsídios foram recentemente cortados e as mudanças na energia solar distribuída os esquemas de compensação reduziram a viabilidade dos projectos”, afirmou.

“A China continuará sendo um mercado enorme, mas esses fatores sinalizam uma trajetória de crescimento muito mais lenta para o mercado solar”, acrescentou.

Estimativa da fabricação solar em 2024

À medida que as instalações solares globais se multiplicaram, também aumentou a capacidade de produção solar.

Diversas nações ampliaram significativamente a fabricação de energia solar, focando especialmente na produção de módulos, a fim de promover a diversificação da cadeia de suprimentos, superar barreiras comerciais e estimular investimentos econômicos internos.

Segundo o relatório, a capacidade de fabricação de módulos triplicou nos últimos dois anos para mais de 1 TW.

A Wood Mackenzie estima que a as taxas de fabricação global de módulos caíram drasticamente nos últimos 2 anos, foi de 70% em 2021 para menos de 40% em 2023.

“Com o abrandamento do crescimento da procura global, os fabricantes terão de ser tão inovadores como sempre para continuarem a ser uma preocupação constante”, afirmou o relatório.


Todo o conteúdo do Canal Solar é resguardado pela lei de direitos autorais, e fica expressamente proibida a reprodução parcial ou total deste site em qualquer meio. Caso tenha interesse em colaborar ou reutilizar parte do nosso material, solicitamos que entre em contato através do e-mail: [email protected].

Yvana Leitão

Yvana Leitão

Produtora do Podcast Papo Solar. Possui experiências em matérias jornalistas para revista e para site, e entrevistas. Graduanda em jornalismo pela Escola Superior de Administração, Marketing e Comunicação de Campinas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.