28 de janeiro de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 4.63GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 8,83GW

Energia solar pode gerar 11,6 milhões de empregos no mundo até 2030

Segundo a ABSOLAR, o mercado solar brasileiro já gerou mais de 165 mil empregos desde 2012

Autor: 2 de julho de 2020outubro 1st, 2020Mundo
Energia solar pode gerar 11,6 milhões de empregos no mundo até 2030

O setor de energia solar poderá alcançar a marca de 11,6 milhões de empregos no mundo até 2030, com adoção de políticas públicas de recuperação econômica e transição energética no pós-pandemia. Os dados são do novo estudo da IRENA (Agência Internacional de Energia Renovável).

“A resiliência, mesmo em períodos de crise, e o enorme potencial de atração de investimentos, geração de empregos e renda, fazem da fonte solar uma ferramenta estratégica para a sociedade no período pós-pandemia, ajudando a superar o atual cenário desafiador que o mundo enfrenta”, disse Rodrigo Sauaia, CEO da ABSOLAR (Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica).

O levantamento da IRENA aponta ainda que as fontes renováveis podem criar 29,5 milhões de empregos em dez anos. Desse total, a energia fotovoltaica lideraria em novos postos de trabalho, representando 39%.

“A estratégia de recuperação econômica deve incluir iniciativas sustentáveis, pois é o momento de se investir em um futuro melhor. Políticas públicas e decisões acertadas de investimentos podem criar um ciclo virtuoso de desenvolvimento e, assim, viabilizar mudanças sistêmicas e transformações energéticas positivas no Brasil e no mundo”, comentou Ronaldo Koloszuk, presidente do Conselho de Administração da ABSOLAR.

Mais dados

O estudo mostra ainda que o mundo poderá chegar a 100 milhões de novos trabalhadores no setor de energia até 2050, cerca de 40 milhões a mais do que hoje. Isso inclui até 42 milhões de empregos no segmento de renováveis, hoje com 11 milhões de empregos totais. Uma transição energética acelerada poderia adicionar 5,5 milhões de empregos a mais até 2023 do que o cenário de referência.

Segundo a ABSOLAR, o mercado solar brasileiro já gerou mais de 165 mil empregos desde 2012, espalhados por todas as regiões do país. Com 5,7 GW de potência operacional total, somando a geração centralizada e os sistemas de pequeno e médio portes (geração distribuída), o setor trouxe mais de R$ 30 bilhões em novos investimentos privados ao Brasil.

Nos primeiros cinco meses de 2020, o setor criou mais de 37 mil empregos no país, mesmo com a queda da atividade econômica decorrente da pandemia da Covid-19. Somente em maio, foram gerados 7,2 mil postos de trabalho, trazendo R$ 1 bilhão em novos investimentos e uma arrecadação de mais de R$ 424,5 milhões aos cofres públicos.

Mateus Badra

Mateus Badra

Atuou como produtor, repórter e apresentador na Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro há mais de um ano, atuando nas editorias de Mercado e Tendências, Mobilidade Urbana, P&D e Equipamentos. Jornalista graduado pela PUC-Campinas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.