Especialista destaca principais características do vendedor de sucesso

O especialista enfatizou que é preciso sempre ser transparente com o cliente e criar um relacionamento de confiança
4 minuto(s) de leitura

Se destacar no mercado de energia solar fotovoltaica demanda capacitação profissional e planejamento financeiro e estratégico para um bom desempenho de uma empresa integradora, por exemplo. Mas, como conseguir alcançar esses objetivos e se sobressair no setor?

Durante o podcast Papo Solar, realizado pelo Canal Solar, Ricardo Rizzotto, proprietário da EOS Solar, deu algumas dicas para os que buscam se tornar um profissional de sucesso na área. O especialista enfatizou que é preciso sempre ser transparente com o cliente e criar um relacionamento de confiança.

“Você sempre tem que estar presente junto ao cliente. De qual forma? Não sendo chato, por exemplo, ligando toda hora. Mas, também não esquecendo dele. Ele gosta de uma atenção que não seja evasiva. Então, tem que conversar com o mesmo e buscar assuntos de interesse. Tem cliente, por exemplo, do meio rural, que gosta de ter sua propriedade elogiada. Ou seja, eles gostam que dê atenção, mas não só focada na venda”, disse Rizotto.

Segundo Rizotto, outra questão importante é facilitar ao máximo a vida do cliente. “Trabalhamos com o pessoal da área rural e eles falam: não posso ir ao banco e deixar minha propriedade. Portanto, você tem que levar um contrato para o mesmo assinar e depois levar esse contrato no banco ou, até mesmo, conduzi-lo à agência bancária. Isso são diferenciais que acabam valorizando e, com certeza, facilitam o fechamento da venda”, explicou.

O proprietário da EOS Solar destacou ainda a importância dos cursos de energia solar para se destacar no setor. “O passo mais importante é o conhecimento e a preparação. A gente sabe que o Canal Solar tem cursos excelentes. Eu já participei de um curso de grandes usinas de até 5 MW. Sempre olho a apostila do Canal para dar uma olhada e me aperfeiçoar. Então, não deixem de pesquisar e se capacitar”.

PL visa doação de créditos excedentes da GD para hospitais

Durante o podcast, o especialista também comentou sobre o PL que visa a doação de créditos excedentes da geração distribuída para hospitais e entidades. Ele é um dos idealizadores do projeto, que foi levado à Câmara dos Deputados pelos deputados federais Franco Cartafina (PP/MG) e Lucas Redecker (PSDB/RS).

“A ideia desse projeto surgiu após um cliente dizer que tinha alguns kWh de crédito sobrando. Ele perguntou se podia doar para algum hospital. Eu disse que, legalmente, não teria como, mas que o ajudaria. Foi aí que pensei: porque não expandir isso para o Brasil? Decidi então criar um grupo no Whats-App. A ABSOLAR (Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica) estava nesse grupo, gostou da proposta e levou o projeto para frente. Até que, também, o deputado Lucas Redecker comprou a ideia e levou para a Câmara”, explicou Rizotto.

O deputado Lucas Redecker participou de uma live no Instagram, realizada pela ABSOLAR, e comentou sobre as perspectivas da implantação do PL, que está em regime de urgência.

“Vejo que estamos bem articulados. O projeto deve ser aprovado com facilidade e sem votos contrários. Estamos trabalhando para assim que aprovarmos, a medida seja implantada o mais rápido possível”, comentou.

Mercado solar segue aquecido

Outro ponto abordado no podcast foi a resiliência do setor fotovoltaico frente à pandemia da Covid-19. De acordo com Ricardo Rizotto, mesmo em meio à crise, o mercado solar segue crescendo.

“Em abril, a demanda da nossa empresa caiu bastante. Tivemos o pior mês dos últimos 12 ou 24 meses. Porém, em maio, recuperamos isso e dobramos o quadro de funcionários. Estamos contratando mais duas pessoas para montagem, mais vendedores, compramos veículos, caminhão e estamos construindo um pavilhão. Então, estamos crescendo bastante”, concluiu.

Imagem de Mateus Badra
Mateus Badra
Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como produtor, repórter e apresentador na TV Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal