24 de fevereiro de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,8GW

Estudo aponta que 23 fabricantes adotam tecnologia 600 W+

Relatório da TrendForce destacou ainda que a demanda por módulos bifaciais aumentou consideravelmente

Autor: 1 de agosto de 2022agosto 4th, 2022Indicadores
2 minutos de leitura
Estudo aponta que 23 fabricantes adotam tecnologia 600 W+

Módulos de alta potência estão crescendo cada vez mais no mercado solar. Foto: Envato Elements

Um relatório da TrendForce sobre o segmento de fornecimento de painéis fotovoltaicos e soluções de energia no segundo trimestre de 2022 apontou que chegou a 56 o número de empresas capazes de produzir células fotovoltaicas de 210 mm.

Essas fabricantes são responsáveis por 80% da produção de células no setor, o que sinaliza uma forte expansão dos produtos com essa capacidade no mercado, em um crescimento anual de 51%. Ao todo, já são 23 fabricantes de módulos adotando a tecnologia de 600 W+.

Aumentou significativamente a proporção de módulos grandes de 182 e 210 mm (incluindo 210R) comprados e em uso. Este ano, os de alta potência (≥530 W), representados por variações entre 182 e 210mm (incluindo 210R), tornaram-se populares em empresas centrais e estatais”, disse o estudo.

Uma análise dos 89,4 GW anunciados de propostas de painéis indica que cerca de 72,2 GW (77%) deles não têm requisitos específicos de tamanho e desejam apenas potência de 530 W ou superior.

“Enquanto, 17,2 GW das propostas têm requisitos específicos de tamanho de módulo, dos quais grandes variações (182 e 210 mm) representam 13,97 GW, ou 81,2% (proporção para tamanhos especificados por 17,2 GW)”, relataram.

Outro ponto ressaltado pela TrendForce é que a demanda por módulos bifaciais aumentou consideravelmente, respondendo por 62% das propostas. Assim, os bifaciais e de vidro duplo estão cada vez mais sendo reconhecidos no mercado.

Mateus Badra

Mateus Badra

Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como produtor, repórter e apresentador na TV Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020. Atualmente, é Analista de Comunicação Sênior do Canal Solar e possui experiência na cobertura de eventos internacionais.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.