1 de março de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,9GW

Geração solar centralizada cresce 91,5% na primeira quinzena de novembro

Produção eólica cresceu 40,3% no mesmo período, enfatizando o importante papel das energias renováveis no Brasil

Autor: 24 de novembro de 2023novembro 27th, 2023Indicadores
2 minutos de leitura
Geração solar centralizada cresce 91,5% na primeira quinzena de novembro

Imagem: Freepik

Na busca por fontes de energia mais limpas e sustentáveis, a geração de energia solar centralizada se destaca no cenário energético brasileiro.

Segundo dados do InfoMercado Quinzenal da CCEE (Câmara de Comercialização de Energia Elétrica), as usinas de energia solar centralizada produziram 3.125 MWmed na primeira quinzena de novembro, registrando um crescimento expressivo de 91,5% em comparação com o mesmo período do ano anterior.

Geração centralizada de energia solar

Fonte: CCEE/Reprodução

Este aumento notável não apenas sublinha o potencial da energia solar como uma alternativa viável, mas também destaca o compromisso crescente em direção a fontes de energia mais limpas e renováveis.

O sol, que sempre foi fonte de luz e calor, agora emerge como uma poderosa fonte de energia, impulsionando a transição energética do país.

Ao analisar os números apresentados, observamos que, na mesma base de comparação, a geração hidráulica alcançou 49.971 MWmed, representando um aumento sólido de 6%.

As usinas eólicas também contribuíram significativamente, gerando 11.727 MWmed, com um crescimento de 40,3%. Enquanto isso, as usinas termelétricas, embora ainda desempenhando um papel importante, viram uma redução de 1,5%, produzindo 8.104 MWmed.

Outro dado intrigante é o desempenho da autoprodução, que registrou um aumento notável de 31,9%, atingindo 1.384 MWmed.

Este aumento destaca não apenas a evolução das estratégias de geração de energia, mas também a crescente participação dos consumidores na produção de sua própria energia. Isso promove não apenas a autonomia, mas também contribui para a construção de um panorama energético mais distribuído e resiliente.

No que diz respeito ao consumo nacional de energia, os números apresentados entre 1º e 15 de novembro indicam um crescimento robusto de 11,1%, atingindo a marca de 69.859 MWmed.

Este aumento na demanda, juntamente com a expansão significativa na geração de energia solar centralizada, destaca a necessidade crescente de investir em fontes de energia sustentáveis para atender à demanda nacional.

Wagner Freire

Wagner Freire

Wagner Freire é jornalista graduado pela FMU. Atuou como repórter no Jornal da Energia, Canal Energia e Agência Estado. Cobre o setor elétrico desde 2011. Possui experiência na cobertura de eventos, como leilões de energia, convenções, palestras, feiras, congressos e seminários.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.