5 de julho de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 5.09GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 11,3W

Harvard anuncia fim dos investimentos em combustíveis fósseis

Segundo Lawrence Bacow, presidente da universidade, é preciso descarbonizar a economia

Autor: 13 de setembro de 2021Mundo
Harvard anuncia fim dos investimentos em combustíveis fósseis

Após anos de pressão pública, a Universidade de Harvard, localizada na cidade de Cambridge, estado de Massachusetts (EUA), anunciou que não fará mais investimentos em combustíveis fósseis. É o que afirmou o presidente da universidade, Lawrence Bacow.

Com a mudança, a instituição usará sua dotação de US$ 42 bilhões para apoiar a economia verde, juntando-se a uma onda crescente de investidores que se afastam de indústrias poluentes. 

Devemos agir agora como cidadãos, como acadêmicos e como uma instituição para enfrentar esta crise em todas as frentes que temos à nossa disposição”, disse Bacow, em carta divulgada no site da universidade

“Dada a necessidade de descarbonizar a economia e nossa responsabilidade como fiduciários de tomar decisões de investimento de longo prazo que apoiem ​​nossa missão de ensino e pesquisa, não acreditamos que tais aportes sejam prudentes”, ressaltou. 

O executivo enfatizou ainda que Harvard já encerrou todos os aportes diretos em empresas que exploram combustíveis fósseis e não entrará novamente nesse setor. 

No entanto, explicou que possuem ainda investimentos em alguns fundos de ação com participações nessa indústria, mas que constituem menos de 2% do capital, “um número que continua a diminuir”, finalizou. 

Imagem: reprodução

Mateus Badra

Mateus Badra

Atuou como produtor, repórter e apresentador na Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro há mais de dois anos, atuando nas editorias de Mercado e Tendências, Mobilidade Urbana, P&D e Equipamentos. Jornalista graduado pela PUC-Campinas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.