Hospital do RS terá economia com energia solar e eficiência energética

sistema prevê a produção anual de 120 mil kWh

A Fundação Hospital Centenário de São Leopoldo (FHCSL), localizada no Rio Grande do Sul, deverá economizar R$ 22 mil por mês em eletricidade com um projeto de eficiência energética e a instalação de um sistema com 240 painéis fotovoltaicos.

O programa, realizado em parceria com a RGE, contou com um investimento de R$ 614 mil e inclui ainda a substituição de 2.133 lâmpadas comuns por LED, que contribuiu para gerar economia na conta de energia. O sistema prevê a produção anual de 120 mil kWh, o mesmo que é consumido mensalmente pela instituição.

“Desde o ano passado, estamos realizando obras importantes no hospital, como reformas nas clínicas e melhorias em todas as áreas, tanto internas quanto externas. A eficiência energética vem complementar todo o processo de qualificação do Centenário”, disse Lilian Silva, presidente da fundação.

Na última sexta-feira (07), o prefeito de São Leopoldo, Ary Vanazzi, visitou as instalações, que já podem ser vistas para quem passa em frente a unidade. “Essa parceria da RGE com o poder público faz parte do projeto de modernização do hospital, de aproveitamento de energia renovável, preservação do meio ambiente e economia. Este é mais um passo na qualificação do trabalho que vem sendo realizado. Nos últimos anos, promovemos mudanças na gestão e essa parceria nos deixa orgulhosos”, comentou Vanazzi.

Elisandra Castro, consultora de negócios da RGE, também participou da visita e destacou a importância da energia solar em prol da instituição. “Devido o bom relacionamento com a cidade, com o hospital e sabendo das dificuldades, optamos em investir em um programa de eficiência energética que irá beneficiar muito a fundação”, concluiu.

Sobre a RGE

​A RGE é responsável por distribuir 65% da energia elétrica consumida no Rio Grande do Sul e atender 2,86 milhões de clientes residenciais, industriais e comerciais em 381​ municípios gaúchos. A área de concessão da companhia, que é resultado do agrupamento das distribuidoras RGE e RGE Sul realizado em janeiro de 2019, totaliza 189 mil km² de extensão, abrangendo as áreas urbanas e rurais das regiões Metropolitana, Centro-Oeste, Norte e Nordeste do estado.

Imagem de Mateus Badra
Mateus Badra
Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como produtor, repórter e apresentador na TV Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal