5 de julho de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 5.09GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 11,3W

Impulsionada pela fonte solar, geração de energia no país ultrapassa 180 GW

O marco foi alcançado após o início da operação comercial de 278,3 MW do complexo de usinas fotovoltaicas Alex

Autor: 3 de novembro de 2021novembro 23rd, 2021Brasil
Impulsionada pela fonte solar, geração de energia no país ultrapassa 180 GW

Segundo estudo divulgado pelo MME, a produção de energia solar deve chegar a 18 TWh em 2021

Com o início da operação comercial de 278,3 MW do complexo de usinas fotovoltaicas Alex, em Tabuleiro do Norte e Limoeiro do Norte (CE), o Brasil superou, no último sábado (30), a marca de 180 GW de potência para geração de energia elétrica.

Segundo a ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica), no mesmo dia, duas unidades geradoras de usinas eólicas foram liberadas para operação comercial, somando 8,4 MW.

O marco foi alcançado em menos de um mês após o país ter ultrapassado a marca de 11 GW de potência operacional da fonte solar em usinas de grande porte e em pequenos e médios sistemas instalados em telhados, fachadas e terrenos. 

Hoje, segundo dados da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica), o segmento de GD (geração distribuída) conta atualmente com 7,33 GW de potência fotovoltaica instalada, enquanto que a GC (geração centralizada) opera neste instante com 4,47 GW em usinas solares.

Solar deve crescer mais de 60% em 2021

Estudo divulgado pelo MME (Ministério de Minas e Energia), no Boletim Mensal de Energia de agosto, apontou que a produção de energia solar deve chegar a 18 TWh em 2021, o que representa uma alta de 67% com relação aos 10,7 TWh verificados em 2020. Segundo o boletim, deste montante a GD terá o maior crescimento, gerando 10,8 TWh em 2021, contra 4,8 TWh em 2020, um aumento de cerca de 125%.

Complexo Solar Alex

O Complexo Solar Alex possui uma área de 830 hectares e, desde sua construção, já gerou mais de 4,5 mil empregos diretos e indiretos, segundo a Elera Renováveis, responsável pelo parque solar. O empreendimento é o primeiro parque solar da companhia a entrar em operação no Brasil. A empresa estima que investirá cerca de R$ 4 bilhões em novos projetos hídricos, eólicos e solares até 2023. 

Atualmente, a empresa está construindo aproximadamente 1,6 GW de capacidade instalada, o que a levará a um total de mais de 3,1 GW nos próximos anos. A Elera Renováveis integra a Brookfield Asset Management, uma gestora que está há mais de cem anos no mercado e possui mais de US$ 550 bilhões em ativos sob gestão, com 100 mil funcionários operacionais em 30 países.

Ericka Araújo

Ericka Araújo

Desde 2020, acompanha o mercado fotovoltaico. Possui experiência em produção de podcast, programas de entrevistas e elaboração de matérias jornalísticas. Em 2019, recebeu o Prêmio Jornalista Tropical 2019 pela SBMT (Sociedade Brasileira de Medicina Tropical) e o Prêmio FEAC de Jornalismo. Já atuou como repórter e apresentadora da Rádio Brasil Campinas. Formada pela PUC Campinas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.