28 de janeiro de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 4.63GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 8,84GW

Jinko Solar lança módulo de 610 W com eficiência de 24,79% e aposta em BIPV

Aumentaremos nossos investimentos em pesquisa e desenvolvimento para garantir inovação

Autor: 7 de agosto de 2020julho 27th, 2021Mundo
Jinko Solar lança módulo de 610 W com eficiência de 24,79% e aposta em BIPV

O fabricante de módulos JinkoSolar lançou nesta semana sua nova geração do 610 W Tiger módulo solar TR monocristalino de alta eficiência e suas soluções BIPV, série de produtos Building Integrated Photovoltaics, que será apresentado no SNEC 2020 em Xangai, na China.

Segundo a empresa, o desempenho do Tiger Pro 610W se deve a tecnologia de célula de alta eficiência N-Type HOT 2.0, desenvolvida de forma independente pela JinkoSolar.

Módulo 610 W

Devido à introdução de novas tecnologias, como contato passivado por camada de encapsulamento HOT e metalização avançada, a eficiência da célula atingiu 24,79%, estabelecendo um recorde mundial para as células solares de silício monocristalino.

Ainda de acordo com o fabricante, o uso do design de 78 células e da tecnologia TR ajudam a reduzir significativamente a diferença das mesmas, além de reduzir o custo de eletricidade e melhorar a compatibilidade do sistema.

A Jinko também lançou sua primeira versão da série de módulos BIPV coloridos. Segundo o fabricante, com uma potência de saída de 550W, esta série de produtos possui variedade de cores e níveis de translucidez, incorporando a estética arquitetônica moderna para uso como componente de construção.

“Reduzir custos e aumentar a eficiência é a meta pela qual a indústria sempre se esforçou. A JinkoSolar sempre se comprometeu a fornecer aos clientes globais módulos solares de alta eficiência, alta qualidade e extremamente confiáveis”, destacou Jin Hao, CTO da JinkoSolar.

“Aumentaremos nossos investimentos em pesquisa e desenvolvimento para garantir inovação constante em nossa tecnologia, melhorar o desempenho dos produtos e garantir a mais alta compatibilidade do sistema. Isso nos permitirá cumprir o compromisso de oferecer o melhor serviço aos nossos clientes globais e permitir a aplicação dos módulos solares em uma variedade de cenários, fortalecendo ainda mais o setor de energia solar fotovoltaica e alcançando a paridade da rede”, concluiu.

Ericka Araújo

Ericka Araújo

Desde 2020, acompanha o mercado fotovoltaico. Possui experiência em produção de podcast, programas de entrevistas e elaboração de matérias jornalísticas. Em 2019, recebeu o Prêmio Jornalista Tropical 2019 pela SBMT (Sociedade Brasileira de Medicina Tropical) e o Prêmio FEAC de Jornalismo. Já atuou como repórter e apresentadora da Rádio Brasil Campinas. Formada pela PUC Campinas.

2 comentários

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.