Leilão expande energia elétrica no Brasil com R$ 8 bi em investimentos

Certame está previsto para ocorrer em junho de 2022 e totalizará 4.810 km de novas linhas de transmissão
Maior parte das linhas de transmissão estão previstas para a região norte de Minas Gerais. Foto: Elements

Um leilão de obras de transmissão de energia elétrica está previsto para junho de 2022. De acordo com o MME (Ministério de Minas e Energia), serão 4.810 km de linhas de transmissão, 6.030 MVA de potência a ser instalada e cerca de R$ 8 bilhões no total dos investimentos.

Ao todo, estão previstas obras de expansão de energia elétrica em 10 estados brasileiros. A maior parte do volume será destinado à região norte de Minas Gerais. Ali estão previstos 3.543 km de linhas de transmissão, além de 3.750 MVA em potência a ser instalada em subestações. No total, serão R$ 6 bilhões destinados somente a estes empreendimentos.

Ainda vão compor o leilão obras de transmissão de energia elétrica que têm contratos de concessão em processo de penalidade de caducidade e que estão localizadas nos estados do Amazonas, Pará, Rondônia, Mato Grosso do Sul e Santa Catarina.

Para esses empreendimentos, estão previstos 942 km de linhas de transmissão, potência de 1.030 MVA a ser instalada nas subestações e aproximadamente R$ 1,2 bilhões em investimentos.

Outro destaque do leilão é a obra de aumento da segurança energética do estado do Amapá, que deve ganhar 250 km de linhas de transmissão e R$ 200 milhões em investimentos. Também são previstas ampliações e reforços no atendimento de energia elétrica nos estados de São Paulo, Pará, Sergipe e Acre.

O MME e a EPE (Empresa de Pesquisa Energética) já enviaram à ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) os relatórios técnicos sobre os empreendimentos que irão compor o leilão.

Imagem de Redação do Canal Solar
Redação do Canal Solar
Texto produzido pelos jornalistas do Canal Solar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal