27 de junho de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 5.08GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 11,2W

BK Brasil investe em solar para reduzir emissões de carbono

Operadora da rede de fast-food Burger King e Popeyes possui 5 usinas de GD em fase de conexão

Autor: 5 de janeiro de 2022maio 27th, 2022Brasil
BK Brasil investe em solar para reduzir emissões de carbono

Meta é reduzir em 30% a emissão de gases do efeito estufa da rede até 2030. Foto: reprodução

Seja operadoras de telefonia ou instituições financeiras, a energia solar está sendo uma alternativa para ajudar nas metas de carbono zero de empresas de diversos segmentos.

Leia também

Madero investe em energia solar e pontos de recarga para VEs

A BK Brasil, operadora da rede de fast-food Burger King e Popeyes, é uma delas. Isso porque a companhia anunciou que está investindo em projetos de GD (geração distribuída) fotovoltaica.

O objetivo com esta iniciativa é abastecer os restaurantes com energia limpa, a partir de fazendas solares – contribuindo assim com a meta de reduzir em 30% a emissão de gases do efeito estufa em toda rede até 2030.

Atualmente, a empresa possui cinco usinas de GD, em fase de conexão, nas cidades de Itaboraí e Itaguaí (RJ), Saltinho (SP), Brasília (DF) e Cajamar (SP) – esta última está em funcionamento desde outubro de 2021.

Segundo a BK Brasil, a planta possui 30 mil m², 4.560 módulos fotovoltaicos e capacidade de gerar 3.121 MWh/ano, o que corresponde ao consumo de cerca de 24 restaurantes da companhia.

“Desde que iniciamos as construções das nossas fazendas de geração distribuída tínhamos uma visão a longo prazo e, por isso, o projeto está diretamente interligado com um de nossos recém-divulgados compromissos de ASG (Ambiental, Social e Governança)”, disse Gustavo do Valle Fehlberg, vice-presidente de Desenvolvimento da BK Brasil, Burger King e Popeyes.

Recursos e metas da BK Brasil

Os recursos necessários para construção destes empreendimentos foram obtidos por meio de uma composição de investimentos próprios, realizados pela H2energy e Eco Partners. Com todas essas cinco usinas em operação, a companhia terá 57% das lojas próprias em baixa tensão distribuída. A meta da BK é ter pelo menos 80% das lojas em baixa tensão até o final de 2023.

Mateus Badra

Mateus Badra

Atuou como produtor, repórter e apresentador na Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro há mais de dois anos, atuando nas editorias de Mercado e Tendências, Mobilidade Urbana, P&D e Equipamentos. Jornalista graduado pela PUC-Campinas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.