Maior projeto smart grid em pivô de irrigação do Brasil é instalado na Bahia

Fazenda dobra safra por meio de solução híbrida que integra solar, energia térmica e diesel
5 minuto(s) de leitura
Maior projeto smart grid em pivô de irrigação do Brasil é instalado na Bahia
Sistema revolucionário tem transformado a paisagem agrícola e evidenciado a capacidade de inovação do setor. Imagem: Loop Energia/Divulgação

“Esse é o maior projeto em funcionamento na modalidade smart grid em pivô de irrigação do Brasil. Estamos na vanguarda da tecnologia e esperamos que o mercado caminhe dessa maneira, utilizando os melhores equipamentos e priorizando boas parcerias”.

A afirmação é do engenheiro eletricista Bruno Lopes, sócio da Loop Energia, referente a uma usina instalada na fazenda Dom Perignon. Situada no município de São Desidério (BA), o empreendimento, viabilizado pela empresa, dobrou a sua safra por meio de um projeto pioneiro de irrigação movido por energia solar e energia térmica. 

Segundo Luvânio Lopes, CEO da Loop, a solução híbrida proporcionou uma redução no consumo de diesel em até 70%. “Antes, o gasto com diesel de 4 mil litros por dia (120 mil litros por mês) baixou para mil litros dia, representando uma economia de uma safra de quatro meses em mais de R$ 2 milhões”. 

“Além disso, a implementação da tecnologia smart grid possibilitou um aumento impressionante na produtividade, elevando a safra de soja de 40-60 sacas por hectare para mais de 100 sacas, resultando um incremento de produtividade que ultrapassa R$ 5 milhões”, destacou.

Integração de fontes renováveis na irrigação

O projeto de irrigação é abastecido por meio de oito poços artesianos, sete pivôs centrais e três piscinões de armazenamento com capacidade total de 600 milhões de litros de água, atendidos por uma rede interna e privada de média tensão de 34.5 kV em uma distância de 21 km. 

O sistema off -grid conta com uma usina fotovoltaica de 1,2 MW. Ao todo, são mais de  2.210 módulos bifaciais de 545 W da JA Solar, de tecnologia half-cell 72 células conectados a nove inversores da marca PHB – agregados a um sistema de energia térmica composto por cinco motores, três de 700 kW e dois de 550 kW. 

Para controlar e gerenciar a tecnologia das redes inteligentes (smart grid), foram utilizados os controladores da dinamarquesa Deif. “Esta integração inteligente não só assegura a segurança energética, como também otimiza a operacionalização do sistema, resultando em uma produção agrícola mais estável e sustentável”, disse Bruno Lopes, um dos responsáveis pela execução do projeto.

São Desidério: polo agrícola e terra fértil da Bahia

São Desidério, sede da fazenda Dom Perignon, do Grupo Sementec, não só é conhecida como a maior produtora de algodão do país, mas também como um polo agrícola em ascensão. 

“Com mais de 900 hectares de plantação, a fazenda abraçou a luz solar como um estímulo adicional para aumentar a produtividade e reduzir os custos de produção. Em conjunto com a energia térmica proporcionando a segurança energética, ponto primordial e de desafios na região do oeste baiano”, explicou Luvânio Lopes. 

“A entrega da obra e o início da geração da usina ocorreu em outubro passado. O projeto atende 100% da necessidade da propriedade e evita que a safra seja perdida em épocas de crise hídrica”, ressaltou. 

Mais detalhes

O CEO da Loop Energia enfatizou que, sem essa tecnologia, o cliente ainda estaria esperando energia da concessionária. “Mas, independentemente de quando a ligação da rede for realizada, o projeto já foi pensado para receber e injetar o excedente, além de poder incluir quantas fontes de energia forem necessárias, tudo entregue pelo conceito de smart grid”, relatou. A usina da Fazenda Semectec é um dos 12 projetos com a tecnologia smart grid já desenvolvidos pela companhia.

Tarcíso Antonio, gerente de irrigação da fazenda Dom Perignon, garantiu que os benefícios são incomparáveis. “Estamos felizes com os ganhos na produção, mitigação de riscos e perdas e previsibilidade na colheita das safras, com custos em média de apenas seis sacas de soja por hectare, que nos mostrou na prática ser um projeto economicamente viável, com independência e segurança energética através das redes inteligentes (smart grid)”.

Parcerias estratégicas 

Herykson Saraiva, representante comercial da Loop Energia na região, comentou sobre a importância das parcerias estratégicas na realização deste projeto, ressaltando a vanguarda tecnológica da Loop e a excelência dos equipamentos fornecidos pela distribuidora PHB Solar e a fabricante de módulos JA Solar. 

Já Orlando Cupic, representante comercial da PHB e responsável pelo atendimento da Loop, destacou o relacionamento iniciado ainda em 2018. “Me sinto extremamente orgulhoso dessa parceria. Juntos, embarcamos em diferentes projetos que revolucionam o agronegócio através da energia solar”.

“A PHB, com sua referência em engenharia e suporte de garantia direta, juntamente com a Loop Energia, que liderou a implementação do sistema, modificaram positivamente a paisagem agrícola da fazenda”, pontuou Cupic.

“Escolhemos a PHB pela referência em engenharia e por oferecerem um suporte de garantia direta, enquanto, os painéis da JA Solar pela qualidade e entrega da eficiência. Temos mais de 30 mil módulos em nossas usinas. Fizemos todos os testes e entregamos a potência indicada no datasheet, além das certificações e segurança financeira da marca,” acrescentou Bruno Lopes, sócio da Loop Energia. 

Para Ildo Bet, fundador e CEO da PHB Solar, a Loop demonstra um compromisso inabalável com a qualidade e a eficiência. “É motivo de orgulho tê-los como um dos nossos principais parceiros de negócios. Este projeto é um exemplo do que podemos alcançar quando combinamos tecnologia de ponta com marcas fortes, que prezam pela qualidade e confiáveis”, concluiu. 

Todo o conteúdo do Canal Solar é resguardado pela lei de direitos autorais, e fica expressamente proibida a reprodução parcial ou total deste site em qualquer meio. Caso tenha interesse em colaborar ou reutilizar parte do nosso material, solicitamos que entre em contato através do e-mail: [email protected].

Imagem de Mateus Badra
Mateus Badra
Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como produtor, repórter e apresentador na TV Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020.

4 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal