Negócios no ML crescem 118% e atingem maior volume financeiro da história

Foram R$ 4,8 bi em negócios em outubro, ante R$ 4,23 bi em janeiro, que antes era considerado o melhor mês

Outubro foi o mês com maior volume financeiro no ACL (Ambiente de Contratação Livre) da história. Ao total, foram R$ 4,8 bilhões em negócios no ML (mercado livre), um crescimento de 118% com relação a setembro. É o que apontou o BBCE (Balcão Brasileiro de Comercialização de Energia).

De acordo com a plataforma, o montante no mês passado é maior que os R$ 4,23 bilhões obtidos em janeiro, que até então se apresentava como o melhor mês para as negociações no ML de energia.

“O aumento de transações é uma vitória. Isto demonstra a confiança dos agentes e contribui para uma maior liquidez para o mercado”, destacou Bernardo Marangon, especialista em mercados de energia elétrica e diretor da Exata Energia.

“Uma iniciativa importante que está sendo liderada pela BBCE é o ambiente de comercialização de energia por meio de derivativos, o que certamente será essencial para evolução do setor”, acrescentou o especialista.

Outro destaque apontado pelo BBCE ficou por conta do resultado operacional de outubro, que também apresentou uma alta. Foram negociados 19,6 mil GWh (7.733 mil contratos), o melhor resultado desde março.

O volume representa um crescimento de 31% em relação a setembro de 2020, assim como foi 51% superior se comparado com outubro de 2019.

“Estamos observando um grande crescimento de migrações para o ML. Este movimento sempre é intensificado pela redução do preço de energia, que ocorreu neste período de pandemia, trazendo condições mais vantajosas para os consumidores”, concluiu Marangon.

Imagem de Mateus Badra
Mateus Badra
Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como produtor, repórter e apresentador na TV Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal