17 de abril de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 13,1GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 28,5GW

PHB leva capacitação e conhecimento a parceiros em Vitória (ES)

A capacitação de integradores servirá mais do que nunca como o diferencial de mercado

Autor: 29 de março de 2023dezembro 21st, 2023Opinião
5 minutos de leitura
PHB leva capacitação e conhecimento a parceiros em Vitória (ES)

Quando falamos em capacitação, não são apenas os integradores que precisam se diferenciar, e sim todo o mercado

O ano de 2023 chegou com grandes mudanças e oportunidades para o setor solar no Brasil, com alterações normativas e do cenário político e geopolítico nacional e internacional.

Muitos podem encarar tais mudanças com olhares desconfiados, porém, o fato é que essas mudanças são muito provavelmente o momento mais importante e impactante no setor desde a Resolução Normativa 482, lá em 2012.

O ano de 2022 nos acostumou mal. A venda de sistemas fotovoltaicos virou um grande varejo, com uma demanda muito superior à oferta. Isso pode ser bom economicamente, porém nos afeta tecnicamente, já que nos despreocupamos com um fator importante da venda, a necessidade de convencimento do cliente.

Com o cliente já convencido de todas as vantagens de se ter um sistema fotovoltaico em casa, o integrador passou a não precisar mais mostrar seus diferenciais, como por exemplo o domínio técnico e comercial do assunto, e o mercado acabou se reduzindo inevitavelmente à briga de preço.

Esqueçamos os anos anteriores, pois eles já se foram. A realidade atual é diferente, e acreditem, é muito atrativa a todos.

A capacitação dos integradores servirá mais do que nunca como o diferencial de mercado, e talvez teremos que nos reacostumar com o método de vendas que praticávamos nos primeiros anos do solar no Brasil, através da apresentação de estudos técnicos e financeiros para comprovar ao nosso cliente o quanto vale a pena ter um sistema solar fotovoltaico.

Quando falamos em capacitação, não são apenas os integradores que precisam se diferenciar, e sim todo o mercado. Com um histórico de foco e preocupação com essa capacitação de seu parceiro, a PHB Solar retomou seus treinamentos presenciais, ministrados no Centro de Treinamento na matriz da empresa, em São Paulo, assim como vem realizando uma rodada de Academias por todas as regiões do Brasil.

A última parada da Academia PHB Solar foi em Vitória (ES), no dia 28 de fevereiro. Discutimos diversos pontos chave com nossos parceiros, como as mudanças trazidas pela Lei 14.300, diferenças entre o ACR e o ACL, projetos e soluções PHB para grandes usinas FV, boas práticas de instalação, estruturas de fixação PHB e pós vendas.

Além disso, participaram do evento JA Solar, Jinko Solar e Longi, três parceiros da PHB no fornecimento de módulos FV e maiores fabricantes do mundo. A academia também contou com a participação da Reicon, fornecedor de condutores.

Módulos fotovoltaicos são, juntamente com os inversores, os principais elementos de um sistema fotovoltaico. Além disso, eles precisam se manter em boas condições de geração por mais de 25 anos e garantir a potência que prometem.

Felipe Yugo, gerente de vendas da JA Solar, falou sobre a importância de se utilizar módulos com qualidade comprovada e de uma empresa com expertise de longa data no mercado.

Yugo destaca que atualmente, a energia fotovoltaica é um dos melhores investimentos financeiros, além dos benefícios para o meio ambiente enquanto fonte de energia limpa.

Segundo ele, porém, é necessário estar atento à qualidade dos equipamentos que compõem o projeto. A PHB, através das Academias, vem gerando capacitação aos seus parceiros através do desenvolvimento técnico.

Yugo ainda diz que o resultado é a garantia de formação e conhecimento sobre os produtos ofertados ao mercado, capacitando os instaladores a fazerem as melhores escolhas em relação às características de qualidade e desempenho.

“Participar de eventos com a PHB é sempre uma oportunidade única de conectar-se com profissionais qualificados, aprender coisas novas e expandir a rede de contatos. É um investimento que traz retornos duradouros para qualquer um.” comentou Eduardo Gama, da Jinko Solar.

“A capacitação é crucial, pois dá ao integrador a confiança que precisa ter com os fornecedores, apresenta as tendências do mercado, vantagens de se trabalhar com produtos de qualidade e, sobretudo, ajuda o integrador a tomar as decisões certas para otimizar os custos dos sistemas, evitando alguns erros de instalação por falta de orientação.” comentou Karen Melo, da Longi.

Devemos neste recomeço do setor voltar nossos olhos para a qualidade de produto e serviço, instalação e pós vendas. Um sistema fotovoltaico instalado é um produto que deve permanecer operacional por diversos anos, e tal feito demanda diferenciais. Quem quer permanecer no mercado precisa ter parcerias fortes e conhecimento, e isso a PHB Solar fornece a seus parceiros.

A Academia PHB Solar ainda passará em 2023 pelas cidades de Caxias do Sul, Fortaleza, Sinop, Goiânia, Belém, São José do Rio Preto e Belo Horizonte. Caso você deseje conhecer mais sobre os produtos da PHB e parceiros e se inscrever para um treinamento na empresa e nas academias, acesse o nosso site e plataforma e fique ligado em nossas redes sociais.


As opiniões e informações expressas são de exclusiva responsabilidade do autor e não obrigatoriamente representam a posição oficial do Canal Solar.

Fernando Schmidt

Fernando Schmidt

Engenheiro Eletricista na PHB Solar, com graduação e mestrado na área de Sistemas Fotovoltaicos e Qualidade de Energia pela Universidade Federal de Santa Maria/RS. Trabalha no ramo de geração fotovoltaica desde 2018, atuando no desenvolvimento de projetos de Minigeração Distribuída e Autoprodução de Energia. Na PHB Solar atua na área de treinamentos e concepção de soluções para grandes usinas fotovoltaicas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.