Programa visa fomentar crescimento da solar no RS

Iniciativa é uma parceria entre o Banrisul, Sebrae RS, Senai-RS e a Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Programa visa fomentar crescimento da solar no RS
O programa vai oferecer capacitação para até 30 integradores. Foto: Divulgação

Foi oficializado na última quinta-feira (22), durante evento realizado em Porto Alegre (RS), a criação do Selo + energia sustentável, que atesta o trabalho de empresas com um faturamento anual de R$4,8 milhões e que atuam no setor solar do Rio Grande do Sul.

O programa vai oferecer capacitação para até 30 integradores e incentivar financiamentos de energias renováveis.

Este projeto é uma união entre o Banrisul, a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae RS) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-RS).

“A inovação está na alma do Banrisul e o Banco atua, cada vez mais, a serviço da sociedade. A soma desses atores, a parceria com o Sebrae, Senai e UFRGS, promove o desenvolvimento sustentável com base científica e técnica”, contou Guilherme de Souza, secretário adjunto do Meio Ambiente e Infraestrutura do estado do Rio Grande do Sul.

“O objetivo é fomentar o crescimento do setor fotovoltaico e ampliar práticas sustentáveis no estado. Isso se torna mais efetivo quando unimos o conhecimento do meio acadêmico, a expertise das entidades que oferecem treinamentos e o incentivo do Banrisul”, destacou Cláudio Coutinho, presidente do Banrisul.

Cada uma das instituições tem importância para o processo realizado pelo selo. A UFRGS é responsável pela criação do selo e pela metodologia de avaliação das empresas. Já o Sebrae RS, além de ofertar workshops e consultorias em gestão, será um dos financiadores do programa.

Com relação ao Senai-RS, o mesmo oferecerá cursos para instaladores e projetistas e o Banrisul vai subsidiar, juntamente com o Sebrae RS, os treinamentos, além de financiar projetos sustentáveis.

Para participar é exigido que as companhias estejam adimplentes com o Banrisul e o Sebrae RS. As integradoras previamente selecionadas pelo Banrisul terão subsídio do Sebrae RS para participarem do programa.

“Mais do que a publicação científica, é importante o benefício social que a pesquisa proporciona para a comunidade gaúcha. A academia participa não só do diagnóstico e da criação do selo, mas principalmente da manutenção, que é a etapa mais estratégica para o sucesso do projeto”, disse Geraldo Pereira Jotz, pró-reitor de Inovação e Relações Institucionais da UFRGS.

“Esse selo é um marco histórico para o Rio Grande do Sul, pois vamos iniciar, de fato, a transição energética. É uma mudança de paradigma. É uma mudança de estrutura como sociedade”, enfatizou a professora Dra. Aline Cristiane Pan, do Curso de Engenharia de Gestão de Energia da UFRGS.

Segundo Paulo Bruscato, gerente da Regional Metropolitana do Sebrae RS, a entidade busca se envolver em projetos que tragam retorno efetivo para a economia gaúcha.

“É fundamental termos essa parceria com o Banrisul, pois aumentaremos a competitividade das micro e pequenas empresas do setor, a partir da união da gestão, da qualificação técnica, abrangência regional e possibilidade de financiamentos, sem burocracia. O selo é um avanço para o Rio Grande do Sul”, concluiu.

Níveis de certificação

O Selo + energia sustentável terá três níveis de acordo com indicadores de desempenho: ouro, para projetos avançados; prata, para iniciativas intermediárias; e bronze, para modelos básicos.

A partir dessa certificação, segundo as empresas, espera-se facilitar a comunicação e o relacionamento entre as partes interessadas, que são os clientes, as concessionárias, os agentes financeiros e as empresas do segmento.

O prazo para divulgação das companhias selecionadas é de 15 dias e será feita no Portal do Banrisul.

Imagem de Redação do Canal Solar
Redação do Canal Solar
Texto produzido pelos jornalistas do Canal Solar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal