Projeto levará energia solar para aldeias indígenas do Rio Xingu

Mais de 400 indígenas de seis aldeias da região deverão ser beneficiadas nesta primeira fase da iniciativa
2 minuto(s) de leitura
Projeto levará energia solar para aldeias indígenas do Rio Xingu

A concessionária Norte Energia, da Usina Hidrelétrica Belo Monte, lançou nesta semana um projeto-piloto que levará energia solar para aldeias indígenas do Rio Xingu, no sudoeste paraense.

Intitulada de “Energia Verde no Xingu”, a iniciativa substituirá geradores de energia elétrica à diesel por painéis solares instalados em flutuantes, com o objetivo de promover a preservação ambiental da região.

De acordo com a empresa, nesta primeira fase do projeto mais de 400 indígenas de seis aldeias da região deverão ser beneficiados. A estrutura de fornecimento do novo modal conta com um sistema autônomo de geração de energia solar com uso de baterias para garantir o suprimento de eletricidade por até 48 horas sem incidência de radiação. 

A energia gerada pelos módulos fotovoltaicos atenderá diretamente as aldeias indígenas da região conhecida como Volta Grande do Xingu, área de influência do empreendimento.

Atualmente, a unidade piloto do projeto passa por testes e está instalada no STE (Sistema de Transposição de Embarcações) da usina, na margem direita do rio, com contêiner posicionado em solo e placas solares fotovoltaicas instaladas em flutuantes. A continuidade dos testes e a implementação do Projeto em aldeias da região serão definidas após tratativas com os indígenas e a Funai (Fundação Nacional do Índio).

Ao todo, a usina em teste possui 124 painéis flutuantes de 405 W cada. O local ainda conta com unidades de potência e armazenamento, o que inclui baterias de lítio com capacidade para 50,22 kWp e sistema para monitoramento e comando remoto, bem como comunicação e acesso à internet via satélite. 

Imagem de Henrique Hein
Henrique Hein
Atuou no Correio Popular e na Rádio Trianon. Possui experiência em produção de podcast, programas de rádio, entrevistas e elaboração de reportagens. Acompanha o setor solar desde 2020.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal