18 de agosto de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 5,61GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 12,3W

Seguro para painéis solares traz benefícios para empresas e consumidores

Quando os módulos fotovoltaicos já estão operando, é preciso primeiro definir qual será o destino da energia gerada pelo equipamento

Autor: 15 de outubro de 2020fevereiro 21st, 2022Brasil
Seguro para painéis solares traz benefícios para empresas e consumidores

Cada vez mais as empresas estão preocupadas em garantir tranquilidade e segurança caso um imprevisto aconteça

Com a expansão do uso de energia solar no país, com alta superior a 70% no 1º semestre de 2020, cada vez mais investidores brasileiros, de empresas de todos os tamanhos e segmentos, estão encontrando na solução fotovoltaica uma ótima saída para economizar com a conta de luz no fim do mês.

E, com este aumento cresceu também a procura por seguros para os painéis e equipamentos, que podem cobrir, por exemplo, eventos similares aos dos vendavais registrados no Sul do país no início de 2020. Esta alta mostra que cada vez mais as empresas estão preocupadas em garantir tranquilidade e segurança caso um imprevisto aconteça.

“Com o aumento do uso de equipamentos para captação e transformação de energia solar, o setor de seguros se apresenta como um instrumento importante de proteção para evitar possíveis prejuízos inerentes a este segmento”, destaca Mariana Arozo, Coordenadora-Geral de Regulação de Seguros Massificados, Pessoas e Previdência da Susep (Superintendência de Seguros Privados), responsável pela autorização, controle e fiscalização dos mercados de seguros, previdência complementar aberta, capitalização e resseguros no Brasil.

Estão disponíveis para este ramo soluções para instalação e operação que, por sua vez, oferecem opções de acordo com o tamanho, localização e destino da energia gerada. A especialista esclarece que “no caso de seguro de danos ao equipamento já instalado e em uso (com coberturas, por exemplo, para riscos relacionados a chuvas, ventos, incêndio, queda de raio, explosão, etc), pode ser contratado como parte de um seguro empresarial ou de riscos nomeados, ou operacionais, ou, isoladamente, como seguro de riscos diversos. No caso de coberturas para a instalação e montagem dos painéis fotovoltaicos, seria tratado como um seguro de risco de engenharia”.

“Além dos riscos já mencionados, podem estar cobertos, também, riscos de roubo, rompimento de contratos de fornecimento de transmissão, danos a terceiros, erro de projeto, quebra de equipamentos, perda de receita, chuva de granizo, entre outros”, acrescenta a especialista.

Hoje, há diversos seguros existentes no mercado que garantem que empresários e consumidores sejam indenizados em caso de danos provocados em seus equipamentos e prejuízos a terceiros, de acordo com a cobertura contratada. Confira qual o seguro indicado para cada situação.

Seguro durante a instalação dos painéis solares

O seguro de riscos de engenharia e de responsabilidade civil de obras visa cobrir prejuízos decorrentes de acidentes durante a fase de instalação das máquinas e equipamentos novos, enquanto a obra estiver acontecendo. Ele pode ser contratado tanto por pessoa física como jurídica que atuem na execução de projetos e obras de engenharia.

Quando uma empresa integradora, por exemplo, contrata este serviço ela garante a segurança dos seus colaboradores, clientes e de seus equipamentos de danos provocados por acidentes como desmoronamento e explosão. Além disso, a empresa está assegurada contra danos causados a terceiros durante os trabalhos de execução dos serviços, e outras inúmeras coberturas, como armazenagem fora do local do risco e erro de projeto para obras civis.

“Caso uma empresa que atue no setor solar contrate este produto, ela estará assegurada de danos que ocorram durante o período de instalação e montagem, considerando as coberturas oferecidas na hora da contratação”, explica Sidney Cezarino, diretor de Property, Riscos de Engenharia, Riscos Diversos e Energy da Tokio Marine.

Sendo assim, uma empresa integradora que, durante a instalação, derruba acidentalmente um pallet de painéis fotovoltaicos no chão, causando danos aos mesmos, poderá obter indenização por meio do seguro de Riscos de Engenharia.

Se tais danos são causados por um vendaval, ou se um acidente ocorre devido a um erro de execução do projeto, causando danos a terceiros ou à empresa, a seguradora também cobre o prejuízo gerado aos envolvidos, conforme coberturas contratadas.

Seguro dos painéis solares durante sua operação

Quando os módulos fotovoltaicos já estão operando, é preciso primeiro definir qual será o destino da energia gerada pelo equipamento. Nos casos em que a energia gerada pelos módulos fotovoltaicos tem como objetivo o uso próprio, o seguro ideal é o de equipamentos, sendo o produto Agro para as instalações em zonas rurais e o de RD (Riscos Diversos) para as que se encontram em zonas urbanas.

Este seguro protege equipamentos de geração de energia fotovoltaica, após o término da montagem, ou seja, quando já estão operando. É uma proteção para o patrimônio. A cobertura básica oferecida cobre danos provocados por incêndios de qualquer natureza, raios, explosões, roubos e furtos qualificado, vendavais, granizo, ou qualquer dano de causa externa.

“São cobertos quaisquer danos de causas externas, inclusive roubo e furto. Por exemplo, um vendaval ou se um painel foi atingido por uma pedra”, conta Cezarino. Este produto oferece coberturas opcionais como a de danos elétricos, que deixam a proteção mais completa, e é destinado para as situações em que o valor dos equipamentos segurados é igual ou menor a R$ 5 milhões. Para os casos em que é feita a venda da energia gerada pelos painéis solares, o seguro é definido pelo tamanho da empresa.

Por exemplo, a Tokio Marine Seguradora oferece o produto Empresarial, que atende as empresas de até R$ 100 milhões e o RNO (Riscos Nomeados e Operacionais), destinado às empresas que superam este valor. Tais soluções atuam para ressarcir prejuízos materiais decorrentes de acidentes causados aos equipamentos segurados.

Estão disponíveis coberturas para incêndios, danos elétricos e quebra de máquinas, além de riscos da natureza, como vendavais e alagamentos, por exemplo. Com o seguro, o restabelecimento das operações acontece com mais facilidade e agilidade. Além disso, é disponibilizada uma cobertura de lucros cessantes, que ressarce os segurados de perdas de receita decorrentes dos danos materiais, garantindo a continuidade dos seus negócios.

Ótimo custo-benefício

O seguro é um excelente investimento devido ao seu custo-benefício, pois deixa o segurado mais tranquilo quanto a gastos inesperados provocados por acidentes que danifiquem seus equipamentos, ou causem prejuízos a terceiros. Além disso, contribui para o restabelecimento mais rápido das operações e do fluxo de caixa, dependendo das coberturas contratadas.

Quem contrata um seguro tem também muitos benefícios com as assistências e serviços oferecidos. Por exemplo, a avaliação patrimonial, que faz um levantamento da empresa e apresenta o valor real para a declaração na apólice, e o gerenciamento de riscos, serviço no qual toda operação é mapeada para identificar situações que podem gerar problemas, entre outros.

O valor do seguro possui variação de preços de acordo com o valor do equipamento instalado, mas é baixo diante dos benefícios que traz, além de contar com opções de parcelamento. Diante da diversidade de opções, é muito importante contar com a consultoria de um profissional especializado em seguros para contratar uma apólice adequada à necessidade do cliente.

Ericka Araújo

Ericka Araújo

Head de jornalismo do Canal Solar. Apresentadora do Papo Solar. Desde 2020, acompanha o mercado fotovoltaico. Possui experiência em produção de podcast, programas de entrevistas e elaboração de matérias jornalísticas. Em 2019, recebeu o Prêmio Jornalista Tropical 2019 pela SBMT e o Prêmio FEAC de Jornalismo.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.