1 de março de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,9GW

SIN teve ampliação de mais de 5 mil km em 2023

Aumento diminuiu uso de combustíveis fósseis e integrou regiões isoladas

Autor: 27 de dezembro de 2023Brasil
2 minutos de leitura
SIN teve ampliação de mais de 5 mil km em 2023

Imagem: Freepik/jcomp

O ano de 2023 marcou a ampliação do Sistema Interligado Nacional (SIN) em mais de cinco mil quilômetros. 

Ao todo, foram adicionados 5.481 km e 15.695 MVA (megavolt-ampere) de capacidade de transformação, informou o MME (Ministério de Minas e Energia).

Segundo a Pasta, entre as principais linhas inauguradas neste ano estão as que interligam Juruti (PA) e Parintins (AM), sistemas até então isolados do SIN. 

Ao longo de 2023, a ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) fez dois leilões de transmissão. O primeiro captou R$15,7 bilhões para a construção de mais de seis mil km de linhas de transmissão.

Enquanto isso, o segundo dos leilões contemplou uma área menor: de cerca de 4.400 km. Este arrecadou R$ 21,7 bilhões, o maior valor de uma licitação para obras de infraestrutura já registrada na história do Brasil, segundo o MME.

Os estados que vão receber as instalações são: Goiás, Maranhão, Minas Gerais, São Paulo e Tocantins. Elas vão transferir a energia de fontes renováveis do Nordeste para o Sul-Sudeste.


Todo o conteúdo do Canal Solar é resguardado pela lei de direitos autorais, e fica expressamente proibida a reprodução parcial ou total deste site em qualquer meio. Caso tenha interesse em colaborar ou reutilizar parte do nosso material, solicitamos que entre em contato através do e-mail: [email protected].

Frederico Tapia

Frederico Tapia

Estudante de jornalismo pela UNESP do campus de Bauru. Possui experiência em produção de matérias jornalísticas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.