27 de janeiro de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 4.63GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 8,82GW

SolarEdge anuncia oferta privada em US$ 550 mi com vencimento em 2025

Mantivemos lucratividade saudável ao gerar caixa a partir da atividade operacional

Autor: 25 de setembro de 2020outubro 28th, 2020Brasil
SolarEdge anuncia oferta privada em US$ 550 mi com vencimento em 2025

A fabricante de inversores SolarEdge comunicou à imprensa que pretende arrecadar até US$ 500 milhões por meio de uma oferta privada. Segundo a empresa, os recursos líquidos serão para fins corporativos em geral. Os detalhes precisos da oferta, incluindo o preço de conversão inicial e a taxa de juros, não foram divulgados pela fabricante.

Porém, a empresa afirmou que eles devem ser confirmados em uma data posterior. Além disso, informou que as notas terão vencimento em 15 de setembro de 2025, a menos que sejam resgatadas ou convertidas em uma data anterior.

Em agosto, a fabricante divulgou seus resultados financeiros do segundo trimestre, onde foram apontados que a receita da empresa encerrou com um montante de US$ 331,9 milhões. Uma alta de 2% em relação ao segundo trimestre de 2019, quando a receita foi de US$ 325 milhões.

Na ocasião, Zivi Lando, CEO da SolarEdge, destacou o resultado positivo da empresa. “Neste trimestre, apesar dos desafios causados ​​pela Covid-19, mantivemos lucratividade saudável ao gerar caixa a partir da atividade operacional”, ressaltou.

Ericka Araújo

Ericka Araújo

Desde 2020, acompanha o mercado fotovoltaico. Possui experiência em produção de podcast, programas de entrevistas e elaboração de matérias jornalísticas. Em 2019, recebeu o Prêmio Jornalista Tropical 2019 pela SBMT (Sociedade Brasileira de Medicina Tropical) e o Prêmio FEAC de Jornalismo. Já atuou como repórter e apresentadora da Rádio Brasil Campinas. Formada pela PUC Campinas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.